ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Artistas bumadenses são selecionados para Mostra Cênica Motin Bahia

Bahia recebe 6ª remessa de vacinas contra Covid-19

Brumado: Novas restrições ampliam dificuldades do 'chapa de caminhão' em conseguir levar sustento para casa

Rui Costa estende toque de recolher na Bahia até 31 de março

Paulo Guedes diz que Brasil pode virar Venezuela em 1 ano e meio

Casos de reinfecção por Covid-19 preocupam Secretaria de Saúde na Bahia

Brumado chega à 400 casos ativos de Covid-19;; 34 estão hospitalizados

Lockdown é suspenso em Brumado e toque de recolher é antecipado para às 19h

Médico é espancado por familiar após alertar sobre riscos da covid-19

Variante brasileira da Covid-19 é mais transmissível, diz pesquisa

Rui Costa e Prefeitos se reúnem para discutir prorrogação de medidas restritivas

Antenas parabólicas vão receber a internet 5G; entenda

Com 76 anos de idade e 51 de profissão, barbeiro resiste a modernidade em Brumado

Bolsonaro zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha

Bahia entra com ação no STF para aplicar vacinas sem autorização da Anvisa

Conquista: Dois passageiros são presos por viajar com documento falso

Guanambi: Município adere a decreto que restringe circulação até a próxima segunda (8)

Covid-19 na Bahia: Mortes por dia voltam a aumentar e chegam a 95 na segunda-feira

Supremo garante porte de arma para guardas municipais

Brumado: Município registra 62 mortes por conta da Covid-19; 392 pacientes estão em tratamento


PF deflagra operação contra crimes previdenciários em Conquista e em cidades vizinhas

(Foto: Reprodução)

A Delegacia de Polícia Federal de Vitória da Conquista/BA, juntamente com o Ministério da Previdência Social, deflagrou na data de hoje (28) a “Operação Malloy”, a qual desarticulou grupo criminoso que se utilizava de sindicatos rurais para fraudar benefícios previdenciários, em especial aposentadoria rural.Foram cumpridos 01 (um) mandado de prisão, 11 (onze) de busca e apreensão, 04 (quatro) de condução coercitiva, dentre outras medidas, nas cidades de Vitória da Conquista/BA, Anagé/BA, Ituaçu/BA e Barra da Estiva/BA, tendo como foco principal os Sindicatos dos Pequenos Produtores Rurais das respectivas cidades e seus representantes, além de servidor(es) do INSS. O modus operandi consistia na emissão fraudulenta de Declaração de Atividade Rural (de responsabilidade dos sindicatos), montagem de documentação falsa, além de orientação aos requerentes e testemunhas de como estes deveriam se portar ao requererem os benefícios indevidos. (ServCom . Polícia Federal)



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário