ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 27 milhões

Universidades Estaduais Baianas apoiaram Carta Aberta à Democracia

Brumado: Duas mulheres ficam feridas em acidente na BA-148

Deputados e senadores querem aumentar os seus salários para R$ 36,8 mil

PMs de Contendas do Sincorá e Vitória da Conquista são investigados por homicídios em 2018 e 2019

Bahia confirma mais dois casos da varíola dos macacos nesta sexta

Badalado restaurante de Livramento é demolido pelos proprietários após decisão Judicial

Brumado: Câmera flagra homem furtando caixa de som em loja de utilidades do centro; assista

Brumado: 34ª CIPM intensifica segurança e realiza blitz na cidade

Criança de 2 anos e oito meses morre após ser atropelada em Guajeru

Xiaomi apresenta robô humanoide que reconhece tristeza e 'consola'

Carta pela democracia atinge 1 milhão de assinaturas

Preço dos alimentos puxa inflação e salário mínimo é defasado

Justiça manda prender goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia

Acidente deixa três mortos na BA-142 entre os municípios de Ituaçu e Barra da Estiva

Brumado: Audiência discute intolerância religiosa e ataques a religião de matriz africana

Polícia descobre desmanche de carros durante operação em Caetité


São Paulo vence e diminui vantagem do Cruzeiro

Dois gols nos primeiros seis minutos - o segundo deles marcado por Luis Fabiano - ajudaram o São Paulo a vencer o Goiás por 3 a 0, na noite desta segunda-feira, e lhe devolveram a segunda colocação do Campeonato Brasileiro. Além disso, fechada a rodada que se iniciou no sábado, a distância para o líder Cruzeiro cai de oito para cinco pontos, com sete jogos ainda em disputa. Única a não ser disputada no fim de semana, a partida no Morumbi teve seu placar alterado rapidamente.

 

Sem Kaká (suspenso) e Alexandre Pato (lesionado), os substitutos respectivos, Michel Bastos e Luis Fabiano, corresponderam. Foi em jogada da dupla que saiu o segundo gol, aos seis minutos. Três minutos antes, o meia já havia cobrado falta que Edson Silva desviou de cabeça para abrir o placar. Seria ele também o cobrador do escanteio que terminou com o jejum de Alan Kardec, na etapa final. Entre o segundo e o terceiro, o Goiás até ensaiou reação, porém sem efetivamente exigir trabalho do goleiro Rogério Ceni. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário