ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 27 milhões

Universidades Estaduais Baianas apoiaram Carta Aberta à Democracia

Brumado: Duas mulheres ficam feridas em acidente na BA-148

Deputados e senadores querem aumentar os seus salários para R$ 36,8 mil

PMs de Contendas do Sincorá e Vitória da Conquista são investigados por homicídios em 2018 e 2019

Bahia confirma mais dois casos da varíola dos macacos nesta sexta

Badalado restaurante de Livramento é demolido pelos proprietários após decisão Judicial

Brumado: Câmera flagra homem furtando caixa de som em loja de utilidades do centro; assista

Brumado: 34ª CIPM intensifica segurança e realiza blitz na cidade

Criança de 2 anos e oito meses morre após ser atropelada em Guajeru

Xiaomi apresenta robô humanoide que reconhece tristeza e 'consola'

Carta pela democracia atinge 1 milhão de assinaturas

Preço dos alimentos puxa inflação e salário mínimo é defasado

Justiça manda prender goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia

Acidente deixa três mortos na BA-142 entre os municípios de Ituaçu e Barra da Estiva

Brumado: Audiência discute intolerância religiosa e ataques a religião de matriz africana

Polícia descobre desmanche de carros durante operação em Caetité


Vem ai mudanças nas placas dos veículos

Um novo sistema será utilizado na identificação de veículos no Brasil. A medida começa a valer para veículos zero quilômetro emplacados a partir de 1.º de janeiro de 2016. O modelo foi aprovado pelo Mercado Comum do Sul (Mercosul) e os países membros do bloco, Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela, vão utilizar a mesma patente de placa, com quatro letras e três números.

 

A nova placa possui 40 cm de largura por 13 cm de altura – as mesmas dimensões já utilizadas no Brasil. O fundo será branco, com uma faixa azul na parte de cima. Haverá o símbolo do Mercosul à esquerda, seguido do nome do país e bandeira. O modelo vai mudar as cores de placas atualmente utilizadas para diferenciar a finalidade de cada veículo. Em todos os veículos, a placa terá fundo branco e tarja azul superior.

 

O tipo de uso de cada modelo será diferenciado pela cor dos sete caracteres. Carros particulares vão usar preto e os comerciais o vermelho. Veículos oficiais vão utilizar caracteres azuis e os especiais – montadoras, modelos experimentais e oficinas – o verde. A frota de representações diplomáticas e consulados será identificada pelo dourado e os carros de coleção serão cinza prateado.

 

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que participou do Grupo Ad Hoc, criado pelo Mercosul para implementar o novo sistema, no Brasil não haverá mudança de placa da frota produzida antes de 2016, ou seja, veículos com placas antigas poderão circular normalmente. Por outro lado, as cores dos veículos de autoescola ou a necessidade de trocar pela nova placa durante a transferência de propriedade ainda não foram definidas. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário