ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

'Entre o Carnaval e a vida dos baianos, eu fico com a vida e saúde dos baianos' diz Rui Costa

Vereadora Verimar do Sindicato, em audiência com o secretário da SERIN, discute proposta para asfalto que liga Brumado ao Distrito de Terra Vermelha

Brasil: 75% das famílias têm dívidas, aponta Mapa do endividamento

Ministério da Saúde oferece mais de 21 mil vagas para Médicos pelo Brasil

Judiciário da Bahia inaugura varas em duas cidades baianas

Novas regras da Tarifa Social devem beneficiar mais de 11 milhões de pessoas

Polícia extermina plantação com mais de 18 mil pés de maconha em Curaçá

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: Divulgado o calendário de funcionamento do comércio no mês de dezembro

Mês de novembro apresentou menor número de mortes violentas na Bahia

Região Nordeste concentra quase metade das pessoas em situação de miséria, aponta IBGE

Nordeste: Comitê Científico do Consórcio recomenda cancelamento de Réveillon e Carnaval

Brumado: Após passar pela Secretaria Municipal de Esportes, Paulo Sérgio volta a presidência da LBF

Agência é explodida em Iguaí, Sudoeste do Estado


Após seis horas, Facebook, Instagram e WhatsApp voltam a operar; a empresa perdeu US$ 6 bilhões em um dia

Foto: Reprodução

Depois de 6 horas fora do ar, o Facebook, Instragram e WhatsApp voltou a funcionar na noite de segunda-feira (4), por volta das 19h30. As redes, todas pertencentes ao mesmo grupo, caíram às 12h50. Nem todas as funções disponibilizadas estão operando. Mas os usuários já conseguem abrir os aplicativos e visualizarem as mensagens. Uma pequena equipe de funcionários do Facebook foi enviada para o centro de dados da empresa, na Califórnia, para tentar reniciar o sistema de forma manual. Em comunicado à imprensa, o Facebook confirmou a dificuldade de usuários acessarem o sistema, incluindo WhatsApp e Instagram e disse que está "trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes". O prejuízo financeiro de Mark Zuckerberg foi de quase US$ 6 bilhões em um dia e deixou de ser o quarto mais rico do mundo, com a queda nas ações da companhia.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário