ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: Governador anuncia redução de 3 mil para 1,5 mil pessoas em eventos

Brumado: Presidente da Câmara testa positivo para Covid pela 3ª vez

Policiais civis aprovam estado de greve na Bahia

Site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia é hackeado

Prefeitura de Brumado vai iniciar reformas em casas atingidas pelas chuvas

Brasil registra 6 vezes mais casos diários de covid-19 que em dezembro

Brumado registra 36 novos casos de coronavírus em 24h

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em Rio do Pires

Turismo nacional fechou novembro com faturamento de R$ 14,7 bilhões

Casal com criança de colo é flagrado com 14 kg de maconha e cocaína na Bahia

Matrícula na rede estadual de ensino começa na próxima segunda

Faustão é diagnosticado com Covid-19 e programa é suspenso na Band

Você sente muita fome a noite? Nutricionista da Clínica Mais Vida explica os motivos e o que fazer para diminuir

É hoje! Estrutura do Verão Vip pronta para receber Maiara & Maraísa, Tayrone e Parangolé

Caminhão bate em van, carro capota e sete ficam feridos

Israel doa 3 máquinas purificadoras de água às cidades atingidas por enchentes na Bahia

Bahia completa um ano de vacinação contra Covid-19 e redução de taxa de mortalidade

Livramento de Nossa Senhora: Homem é preso acusado de trafico drogas em bar

Brumado registra 140 casos ativos de Covid-19

ACM Neto testa positivo para Covid-19 e cancela agenda em Brumado e Região


Após seis horas, Facebook, Instagram e WhatsApp voltam a operar; a empresa perdeu US$ 6 bilhões em um dia

Foto: Reprodução

Depois de 6 horas fora do ar, o Facebook, Instragram e WhatsApp voltou a funcionar na noite de segunda-feira (4), por volta das 19h30. As redes, todas pertencentes ao mesmo grupo, caíram às 12h50. Nem todas as funções disponibilizadas estão operando. Mas os usuários já conseguem abrir os aplicativos e visualizarem as mensagens. Uma pequena equipe de funcionários do Facebook foi enviada para o centro de dados da empresa, na Califórnia, para tentar reniciar o sistema de forma manual. Em comunicado à imprensa, o Facebook confirmou a dificuldade de usuários acessarem o sistema, incluindo WhatsApp e Instagram e disse que está "trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes". O prejuízo financeiro de Mark Zuckerberg foi de quase US$ 6 bilhões em um dia e deixou de ser o quarto mais rico do mundo, com a queda nas ações da companhia.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário