ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Número de candidatos que se apresentam com identidade religiosa bate recorde

Anvisa permite importação excepcional de remédios e vacinas para varíola dos macacos

Endocrinologista pediatra da Clínica Mais Vida alerta sobre cuidados com exercícios físicos

Guarda municipal não atua como força policial, decide STJ

CIPRv apreende 2 kg de maconha em ônibus interestadual próximo a Caetité

Brumado: Policial de folga identifica foragido de unidade prisional e aciona guarnição da 34ª CIPM

Homem desmaia após explosão de pneu em borracharia no Oeste da Bahia

Armazém do Criador: 19 de Agosto - Dia da Aviação Agrícola

Brumado tem redução de 40% em crimes violentos letais intencionais no 1º semestre de 2022

Bahia registrou 138 denúncias desde 2019 sobre trabalho escravo

Guanambi: Carro capota e médico sai ileso de acidente na 'Curva da Morte'

Pedestres se arriscam atravessando fora da faixa no centro comercial de Brumado

Adolescente de 15 anos usa a rede social para denunciar abuso sexual em Livramento de Nossa Senhora

Homem é morto a tiros e pedradas em Coaraci

Celular explode enquanto criança de 6 anos assistia vídeo no interior do Ceará

Guanambi: Jovem de 24 anos tem perna amputada após acidente de moto

Vitória da Conquista: Boliviana é presa com cocaína encontrada dentro de saco de 'batatas'

Site do governo da Bahia é suspenso após decisão judicial

Bahia registra 5 mortes e 1.170 novos casos de Covid em 24h

Tema Livre Podcast desta semana conversou com Joan Júnior, cantor e compositor


Brumado: Projeto que pode dificultar ligações de água e energia foi retirado de pauta na sessão de hoje (30)

Foto: Reprodução l Youtube

A Câmara Municipal de Brumado retirou de pauta o projeto de Lei complementar (nº 041/2021), que altera a Lei que instituiu o Código de Obras e Urbanismo de Brumado. O projeto foi encaminhado ao Legislativo pela segunda vez pelo Executivo Municipal para ser votado na última seguda-feira (28), no entanto, a sessão foi transferida para esta quarta-feira (30), sendo retirado de pauta pela presidente da Câmara, a vereadora Verimar Meira (PT). “Brumado agradece”, foi assim que os vereadores definiram a retirada do projeto que visava alterar a Lei que instituiu o Código de Obras e Urbanismo. De autoria do Poder Executivo, em seu artigo 457 diz que toda a ligação de água e energia a ser realizada pelas concessionarias em qualquer imóvel do município, deve ser precedida de consulta feita diretamente pelo contribuinte à Secretaria Municipal de Infraestrutura. Outra parte plêmica do projeto é com relação ao artigo que trata das construções com mais de uma unidade autônoma, que devem preservar pelo menos uma vaga de garagem por unidade e em qualquer cruzamento a concordância entre os alinhamentos devendo suportar um raio maior ou igual a 7 metros, em relação ao meio-fio. Ou seja, quem tem uma casa no cruzamento ou um terreno e você for fazer uma nova construção, além dos 2 metros já exigidos no passeio, com a nova proposta do Executivo, o proprietário deverá deixar 5 metros para se fazer o cruzamento. A oposição foi até o Ministério Público Estadual (MPE) para denunciar os prejuízos que o projeto poderia causar para a comunidade. Entretanto, a bancada de situação defende a Lei complementar, mas entende que mudanças devem ser feitas no projeto apresentado pelo prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB).



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário