ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brasil não deve 'depender eternamente' de Bolsa Família, diz Governo

Motorista evita acidente após ônibus perder freios em avenida de Guanambi

Acidente grave entre carro e carretas deixa dois feridos em Vitória da Conquista

Perícia em local de crime na cidade de Guanambi é tema de artigo em Revista Científica Internacional

Unidade móvel do TRE-BA inicia atendimento em Malhada de Pedras

Câmera escondida em casa alugada registrava banhos dos moradores

Gusttavo Lima leva cavalo ao palco durante show e divide opiniões nas redes sociais

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Novo tratamento para gordura no fígado 'avançada'

Caravana Bahia Sem Fogo realiza semana intensa de prevenção e educação ambiental na Chapada Diamantina

Ciclista morre após acidente envolvendo motocicleta na BA-938 em Guanambi

Campanha usa título de eleitor gigante para chamar jovens para votar

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue

Belo chora em show após anunciar fim de casamento com Gracyanne

Brasil registra primeiro caso local de cólera em 18 anos; paciente é da Bahia

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


'Números de óbitos ainda estão altos', diz Rui ao ser questionado sobre volta às aulas

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Durante entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (28), o Governador do estado da Bahia, Rui Costa, voltou a ser perguntado sobre a volta às aulas. O gestor afirmou que o número de óbitos por conta da Covid-19 no estado da Bahia ainda é alto. “Não tem decisão ainda. Como eu disse na semana passada, os números de óbitos ainda estão altos, apesar de queda no número de internamento”, disse. Ao ser perguntando sobre uma segunda onda do novo coronavírus, o Governador falou que todos devem continuar se protegendo e se higienizando. Para Rui ainda não é o momento de relaaxar. “Sobre segunda onda estamos monitorando, a situação toda é monitorar e reiterar que a população deve se proteger, usar mascara, higienizar mãos, não dá para baixar guarda porque os números estão caindo, ao contrário, já que nós estamos conseguindo derrubar os números, é momento de reforçar de intensificar as medidas de proteção”, afirmou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário