ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Itapetinga: Passageira morre e três pessoas ficam feridas em capotamento na BA-263

Empresa abre várias vagas de emprego em Brumado

Botuporã: Três pessoas morrem e outras cinco ficam feridas em acidente na BA-156

Brumado: Campus da UNEB realiza a primeira sessão das oficinas de ‘Arteterapia’ no Bairro Urbis 2

Fisioterapeuta da Clínica Mais Vida fala sobre a importância da fisioterapia no alívio das dores causadas pela Chikungunya

Bahia ocupa 3° lugar no ranking nacional de habitações precárias, aponta fundação

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Brumado: 'Faltam materiais básicos' dizem servidores do Samu 192; Sesau e coordenação da unidade dizem que situação já foi controlada

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

"Falta itens básicos" dizem servidores do Samu em Brumado. Segundo eles, o estoque de papel higiênico é insuficiente, além disso, o material para combate a bactérias, estão deixando eles em uma situação precária. Em entrevista a imprensa, o Secretário de Saúde, Cláudio Feres, disse que a redução no fornecimento de material para limpeza faz parte de um controle  rígido e racional. “Isso eu fiz, não só no Samu, mas em todas as unidades do município, porque identificamos em visitas de auditoria interna, um consumo muito elevado de materiais de uso diário”. Já para a coordenadora do Samu, a enfermeira Regina Coqueiro, a situação é controversa. "Nós tivemos um problema com material de limpeza, mas isso se deve a questões de licitação. E hoje o material é fornecido pelo almoxarifado da prefeitura. Então todo material gasto é planejado antes", afirma Coqueiro. Segundo o denunciante, a situação é tão precária que a própria equipe se reuniu em uma vaquinha para compra de materiais de uso pessoal, como sabonetes e papel higiênico. Já a enfermeira Regina diz desconhecer o fato. "Agente tem o pessoal do administrativo que é tudo controlado, então quando o material não vai dar, nós realizamos um pedido extra", completou. O Secretário de Saúde também relatou que o controle visa manter a economia no serviço público. “Se eu não fizer essas pequenas economias, eu não consigo ampliar o serviço, que é o que a gente vem fazendo ao longo desses anos no município de Brumado”, destacou. A coordenadora desabafou ainda dizendo que não entendeu, porque questões como estas que podem ser resolvidas internamente, sejam colocadas à público. "Faltou um pouco de jogo de cintura da equipe em sentar com a coordenação para se explicar". Conforma Regina, as arestas tem que ser resolvidas dentro do próprio Samu. "A população conhece o nosso trabalho, o Samu é regional, já são 10 anos de trabalho que é feito com muito amor por todos eles", colocou Coqueiro. Ela ainda completou dizendo, "as portas da coordenação estão e, sempre estarão abertas à eles, como todos já sabem. E não vou deixar a política influenciar no nosso Samu", disse ao 97NEWS, a enfermeira.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário