ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Fura-filas da vacinação não terão direito à segunda dose e poderão ser presos

Morre em decorrência da Covid-19 o médico de 44 anos, Dr. Lívio

New Kenko Purificadores: Beba água de qualidade e garanta a saúde para sua família

Brumado: Sem espetáculos há quase oito meses, circo volta a realizar apresentações ao público

Justiça Federal nega liminar contra prefeito de Candiba que furou fila de vacinação

Falso policial civil é preso por aplicar golpe em Livramento de Nossa Senhora

Super promoção da Loja Império 10: duas peças por somente R$ 15

Brumado: Município recebe 480 doses do imunizante desenvolvido pela universidade de Oxford

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Brumado chega à 47 óbitos por conta da Covid-19

Pax Nacional sempre ao seu lado

Bancário brumadense de 52 anos morre em decorrência da Covid-19

Polícia encontra depósito clandestino de combustíveis em Itapetinga

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


MP-BA abre inquérito para investigar gasto de R$ 1,5 milhão com festa em Madre de Deus

(Divulgação)

Após representação apresentada por um cidadão, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) decidiu instaurar um inquérito para investigar os "supostos gastos indevidos" do prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade (DEM), com a festa "Madre Music 2019". A decisão foi publicada no Diário Oficial de Justiça desta quarta-feira (23). Realizada de 11 de janeiro até o dia 9 de fevereiro, o evento conta com investimento público de R$ 1,5 milhão. A festa, que inclui nomes como Harmonia do Samba, Adão Negro, Belo e Léo Santana, é realizada em três espaços diferentes - Arena Madre Music, Pôr do Som e Área de Lazer - e em 10 datas espaçadas ao longo desse período. Por meio de nota publicada no site da prefeitura, a gestão municipal estima que mais de 30 mil pessoas, entre moradores e turistas, devem prestigiar o evento.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário