ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Governo federal anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa

Brumado: Em mais uma operação, Embasa descobre e retira 'gatos' de água na região dos 'Sem Terra'

Decreto presidencial libera uso das Forças Armadas para a segurança das eleições 2020

Brumado: Colisão entre carro e ônibus deixa duas vítimas com ferimentos na BA-262

Brumadense é uma das vítimas na explosão de caminhão da EPCL em Cocos

Brumado: Apdemb inaugura sede própria e dá posse à nova diretoria

Ampliando quadro de especialistas Clínica Mais Vida firma parceria com Dr. Clênito Monteiro

Brumado registra 16 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Caminhão da empresa EPCL explode e mata pelo menos três pessoas no Oeste da Bahia

Covid-19: Profissionais de saúde de Brumado recebem cartas de apoio durante o combate a pandemia

Brumado: Cresce a procura por plantas para ter natureza dentro de casa durante isolamento social

Iguaí: Homens invadem casa e matam menino de 7 anos

Sem Réveillon e Carnaval, Ecad estima queda de R$ 35,8 mi em arrecadação

Prefeitura vai desapropriar 5 imóveis para ampliação de escolas em Brumado

Brumado: Venha conhecer a loja Império 10

Registros de armas de fogo aumentam 120% em 2020 no Brasil

Gel Sol: Uma empresa especializada em renovar o seu Consumo de Energia!

Estudo comprova presença do coronavírus no cérebro de pacientes

Mulher é presa com 45 mil comprimidos usados no golpe 'Boa Noite Cinderela'

Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo


Eleições 2018: Polícia Federal identifica eleitores que gravaram vídeos usando armas no 1º Turno

Foto: Reprodução l Redes Sociais

A Polícia Federal (PF) deagrou nesta quarta-feira (10) três ações simultâneas para investigar crimes relacionados às eleições de 2018. De acordo com as investigações, os envolvidos foram identicados a partir de monitoramentos de vídeos que circularam em redes sociais relacionados à votação do último domingo (7). A operação desta quarta foi a primeira a partir do rastreamento de redes sociais. Em um dos vídeos investigados, um eleitor aperta os botões da urna eletrônica de votação com uma pistola. Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão no Paraná, São Paulo e Sergipe. As investigações apontam supostos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma, alé de incitação de crime contra candidatos. Durante a operação, a PF apreendeu no Paraná o celular de Maykon Santana Anibal e a arma que ele usou na urna -- uma arma de brinquedo. Gravar a escolha na urna é proibido pela lei eleitoral. Em Sergipe e São Paulo, a PF intimou duas pessoas que postaram mensagens ameaçadoras envolvendo os candidatos Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Os suspeitos neste caso serão investigados por incitação ao crime, por causa das postagens com mensagens ameaçadoras – que chegaram a ser apagadas, mas foram recuperadas pela perícia.

Foto: Reprodução l Redes Sociais


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário