ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Jornalista Daniel Simurro morre aos 58 anos em Brumado

Brumado: Há 19 dias município não registra morte por Covid-19

Guanambi: Rui entrega reforma de estrada e autoriza R$ 35 milhões em ações

Brumado: Blogueiro Daniel Simurro é internado após mal súbito em sua residência

Brumado: Sindicato dos Mineradores denuncia assédio moral em empresa de refino de talco

Brumado retoma vacinação de adolescentes com 16 e 17 anos nesta terça-feira (21)

Novas chamas atingem Chapada Diamantina entre Mucugê e Lençóis

Caetité lidera produção mineral baiana em agosto

Em carta, governadores desmentem Bolsonaro sobre alta da gasolina

Brumado: Manifestantes protestam contra Bolsonaro e prefeito Eduardo Vasconcelos em praça pública

Brumado: Após 1 ano e cinco meses, grupos de capoeira retornam com encontros em praças

Brumadenses são presos em Goiás por roubo de carga avaliada em R$ 180 mil

Brumado vacina contra a Covid nesta segunda-feira, pessoas de 12 a 17 anos com comorbidades

Bombeiros continuam em combate a incêndios na Bahia

Brumado: Mulher fica ferida após acidente entre carro e moto no bairro Santa Tereza

Vítima de câncer, morre ator Luis Gustavo aos 87 anos

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vacina da Pfizer não foi causa provável de morte de adolescente, diz governo de SP


Cidades baianas continuam com mais eleitores do que habitantes; diferença chega a 3.213 pessoas

Foto: Reprodução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que em 308 cidades do Brasil, o número de eleitores ainda é maior que o de habitantes. Considerando a estimativa populacional divulgada pelo órgão nesta semana, em todo o país, estão aptos para votar 146,8 milhões de eleitores, o que corresponde a 70,4% da população brasileira, que é de 208,5 milhões. Já na Bahia, cinco cidades, ainda continuam com mais eleitores do que habitantes. A cidade de Maetinga por exemplo, a 73 km de Brumado, ainda consta no Senso do IBGE, com o eleitorado maior que a população. Segundo o Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA), a cidade possui 6.790 eleitores aptos para votar, no entanto, segundo o IBGE, a cidade possui 3.577 habitantes, ou seja, a diferença é de 3.213 pessoas. Outra situação é a cidade de Serra Preta, a diferença entre eleitores e habitantes é de 1.886. O eleitorado da cidade é formado por 16.950 pessoas, enquanto a população é de 15.064. Potiraguá, no sul da Bahia, aparece em terceiro lugar no estado, a cidade possui 8.827 eleitores, mas sua população é de 7.549, uma diferença de 1.278. E a situação continua, Ribeirão do Largo, também no sudoeste da Bahia, possui 7.560 eleitores, enquanto a população não passa de 6.304, ou seja, a diferença é de 1.256 habitantes. Completa a lista o município de Lajedão, por lá, a diferença é de 887 pessoas, já que o eleitorado é composto por 4.821 eleitores, enquanto a população não passa de 3.934.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário