ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Eleitor tem até quinta-feira (18) para pedir voto em trânsito

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 27 milhões

Universidades Estaduais Baianas apoiaram Carta Aberta à Democracia

Brumado: Duas mulheres ficam feridas em acidente na BA-148

Deputados e senadores querem aumentar os seus salários para R$ 36,8 mil

PMs de Contendas do Sincorá e Vitória da Conquista são investigados por homicídios em 2018 e 2019

Bahia confirma mais dois casos da varíola dos macacos nesta sexta

Badalado restaurante de Livramento é demolido pelos proprietários após decisão Judicial

Brumado: Câmera flagra homem furtando caixa de som em loja de utilidades do centro; assista

Brumado: 34ª CIPM intensifica segurança e realiza blitz na cidade

Criança de 2 anos e oito meses morre após ser atropelada em Guajeru

Xiaomi apresenta robô humanoide que reconhece tristeza e 'consola'

Carta pela democracia atinge 1 milhão de assinaturas

Preço dos alimentos puxa inflação e salário mínimo é defasado

Justiça manda prender goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia

Acidente deixa três mortos na BA-142 entre os municípios de Ituaçu e Barra da Estiva

Brumado: Audiência discute intolerância religiosa e ataques a religião de matriz africana


Criminoso tenta dar golpe via Whatsapp, é descoberto e questiona: 'onde eu errei?'

Foto: Reprodução l Redes Sociais

Criminosos tentaram aplicar um golpe em um morador de Teresina através do Whatsapp na terça-feira (24). Os bandidos pediram um depósito de R$ 2,2 mil, afirmando que seria para o conserto de um veículo. Antes de enviar mensagens, os bandidos fizeram contato telefônico com a vítima, afirmando serem um primo. durante a conversa, eles acabaram descobrindo o nome de um dos primos e usou para tentar aplicar o golpe. Na ligação, os criminosos não haviam pedido nenhum valor e pediram para que a vitima entrasse em contato com um certo número. Quando ligou, informaram que era de uma oficina. A vítima teve certeza que se tratava de um golpe quando os criminosos afirmaram em ligação que o suposto primo precisava de dinheiro por quê a oficina não aceitava cartão e ele não como sacar no momento. Quando entraram em contato via whatsapp, a vítima revelou que já sabia que era um golpe, elogiou a ação dos bandidos, e afirmou que não iria transferir nenhum valor. Os criminosos do outro lado agradeceram o elogio e questionaram como foram descobertos. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário