ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Maxxnet lança promoção para o Dia dos Pais

WhatsApp já permite sair de grupo sem alarde e escolher quem pode ver você online

Parque Tecnológico da Bahia irá receber mais de R$ 9 milhões de investimento

Brumado: Câmara de Vereadores promulga lei que reserva vagas de estacionamento para gestantes, lactantes e pessoas com crianças de colo

Bom Jesus da Lapa reúne 600 mil fiéis em evento religioso

Brumado: Adolescente de 14 anos é encontrada na casa de uma amiga

Corpo de idosa chilena é encontrado em estado de decomposição no interior da Bahia

Brumado: Família pede ajuda para localizar adolescente de 14 anos

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Brumado: Polícia apreende homem após colocar fogo em residência no bairro Olhos D'água

Seleção de advogados de Brumado vence Serrinha e avança para semifinal da Copa CAAB

Empresa Gel Sol de Brumado recebe prêmio nacional da Intelbras

Brumado: Município investiga primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

MP da Bahia lança novo número para atendimento ao cidadão

Inflação muda comportamento dos brasileiros, diz pesquisa

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

TSE divulga patrimônio de sete presidenciáveis; o maior valor ultrapassa 24 milhões

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Vem aí o 13º Agosto Gospel

Agosto Dourado - a importância do aleitamento materno


Presidente municipal do PT revela estratégia para eleição e ‘não vê viabilidade’ em Alice Portugal

Foto: Divulgação

Mesmo sem vice definido na chapa de Rui Costa, o Partido dos Trabalhadores (PT) já se organiza para a corrida eleitoral. Em conversa com o Bahia Notícias, o presidente municipal da legenda, Edson Valadares, disse que a estratégia é discutir a cidade em todos os “territórios urbanos”. A meta também já está bem definida para Valadares: “Ganhar em todas as esferas. Presidente, governador e ampliar o espectro na Assembleia Legislativa da Bahia e Câmara Federal”. O “legado histórico” da sigla é outro ponto a ser bastante usado para convencer os eleitores de que é válido deixar os petistas no poder. Considerada, pelo próprio governador como “prato cheio”, a segurança pública deve ser o carro chefe da oposição para atacar a atual gestão. No entanto isso não assusta Valadares, que jogou a responsabilidade do aumento dos crimes para o plano nacional. “Eu acho que os números comprovam que o aumento da violência é multicausal e nacional. Houve um grande aumento do processo de violência no país, não é exclusivo da Bahia”, esquivou-se. Ainda segundo ele, “as políticas estão sendo maturadas para dar resultado”. “Se nós observarmos, a violência cresce desde o ano 2000. Foi subindo, subindo e só caiu em 2012 e 2013”, disse.

Foto: Divulgação

Se no início do processo de escolha do secretário da Casa Civil – Rui Costa – como candidato do partido para 2014 houve algumas rusgas, hoje, segundo o presidente municipal, tudo são flores. “Isso é uma coisa superada. Está todo mundo com Rui. Quem esteve na apresentação do projeto viu Pinheiro e Gabrielli lá. Esse assunto é superado. Todas as correntes estão presentes e na coordenação da campanha”, amenizou. A disputa entre o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo (PDT), e do deputado federal Mário Negromonte (PP) pelo segundo posto na chapa está, para Edson “empatada”. Sem querer colocar a deputada federal Alice Portugal (PCdoB) para o escanteio, ele deu a dica: “Há uma discussão que o vice vai sair entre os dois [Negromonte e Nilo]. Não vejo muita viabilidade em Alice, mas o pleito dela é justo”, esquivou-se, mais uma vez, sem querer se “meter” na escolha do “timoneiro Wagner”.

Bahia Notícias



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário