ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Itapetinga: Passageira morre e três pessoas ficam feridas em capotamento na BA-263

Empresa abre várias vagas de emprego em Brumado

Botuporã: Três pessoas morrem e outras cinco ficam feridas em acidente na BA-156

Brumado: Campus da UNEB realiza a primeira sessão das oficinas de ‘Arteterapia’ no Bairro Urbis 2

Fisioterapeuta da Clínica Mais Vida fala sobre a importância da fisioterapia no alívio das dores causadas pela Chikungunya

Bahia ocupa 3° lugar no ranking nacional de habitações precárias, aponta fundação

Sindicato dos Comerciários conquista vários benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio de Brumado e Região

Google Tradutor adiciona Guarani e outros idiomas da África, Ásia e América do Sul

Polícia Rodoviária Federal registra apreensão recorde de cocaína em 2021

Mãe tenta vender filho por R$ 400 e foge do hospital após parto

Brumado: Homem é preso após matar companheiro da ex-namorada com golpes de faca no bairro do Mercado

Planejamento das Eleições Gerais 2022 é debatido na sede do TRE-BA

Barra da Estiva: PM apreende seis carros com suspeita de serem clonados

CGU aponta R$ 2,6 bi em desvios do Farmácia Popular

Eleições no Clube Social de Brumado: Chapa 2 quer renovação e inclusão das mulheres na gestão

Estados dizem que cumpriram lei e vão recorrer no STF sobre ICMS no diesel

Em mais uma decisão, justiça suspende licitação que pretendia privatizar serviços de água e esgoto em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado


Em busca do corpo perfeito, Jessica optou por colocar a vida em risco, diz médico

(Foto: Reprodução)

Foi enterrado na tarde desta quarta-feira (28) o corpo da jovem Jéssica Avelino Morais, de 25 anos, que morreu após passar mal enquanto treinava em uma academia, na noite da terça-feira (27), em Salvador. A cerimônia foi realizada no Cemitério da Ordem Terceira de São Francisco, localizado na Ladeira Quintas dos Lázaros, também na capital baiana. Dezenas de amigos e familiares da jovem compareceram ao sepultamento e prestaram as últimas homenagens a ela. Ainda não há informações sobre as causas da morte da morte da jovem, mas os pais de Jéssica Avelino acreditam que o uso de anabolizantes possa ter influenciado. Segundo eles, a jovem fazia consumo das substâncias para ganhar massa muscular mais rapidamente e que, antes de morrer, pediu desculpas pelo uso dos medicamentos.  O uso de substâncias anabolizantes pode provocar doenças hepáticas e cardiovasculares, de acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), doutor Fabio Trujilho. Nesta terça-feira (27), a vendedora Jéssica Avelino Morais, 25 anos, morreu após passar mal dentro de uma academia no bairro de Tancredo Neves. Familiares da jovem disseram em entrevista à TV Bahia que ela já havia feito uso de oxandrolona e stanozoland stanozolol, anabolizantes derivados da testosterona. Outros parentes, no entanto, negam que Jéssica fizesse o uso das substâncias. Só um laudo atestará a causa da morte de Jéssica. Trujilho explica que o efeito de hipertrofia desejado pelas pessoas que usam as drogas não se limita aos músculos dos braços e pernas. “O coração também é um músculo e, quando ele aumenta de tamanho, pode provocar arritmias e até levar a uma parada cardíaca”, afirmou o especialista. A endocrinologista e conselheira do Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) Diana Viegas diz que o aumento da musculatura cardíaca demanda mais oxigênio para funcionar. “Uma das principais causas de morte de quem usa anabolizantes é o infarto, o que é bastante incomum para uma pessoa jovem”, explicou. Outro grave risco é o de desenvolvimento de tumores no fígado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário