ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Barreiras: Carga de madeira sem documentação é apreendida

Brumado: Município registra 10 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Governo do Estado anuncia licitação para gestão de presídio de Brumado

Brumado: Promotoria de Justiça acompanha atividades da Secretaria de Educação

25 de novembro: Dia Internacional da não violência contra a mulher

Novo vírus letal surgido na Bolívia pode ser confundido com a dengue

Governo libera R$ 409 milhões para projetos de tecnologias da internet

Major Leila é nomeada comandante da 2ª CIPRv de Brumado

Casal é preso por estuprar as filhas em Itaberaba

Brumado: 237 pacientes estão em tratamento do novo coronavírus

Quadro de especialistas da Clínica Mais Vida é ampliado passando a oferecer mais um cardiologista e ecografista

Partido pede expulsão de vereador eleito por infidelidade partidária

Apresentador Fernando Vannucci morre aos 69 anos

Abrace essa Causa: ‘Projeto O Bom Samaritano’ ajudando quem mais precisa em Brumado

Polícia Civil deflagra operação contra homens e um adolescente que estupraram uma criança de 10 anos em Carinhanha

Nota Fiscal Eletrônica já está presente em 417 municípios da Bahia; já são 70 mil emissores

Auxílio Emergencial: 'Não haverá prorrogação', afirma ministro da economia

Pai de Zezé di Camargo e Luciano morre aos 84 anos

Foguete chinês é visto no céu da Bahia e chama atenção de moradores

Saiba os cuidados em possíveis fraudes no dia da 'Black Friday'



BUSCA PELA CATEGORIA "Religião"

Papa Francisco defende união civil entre homossexuais

Foto: Reprodução l Gregorio Borgia/AP

O Papa Francisco afirmou, em um filme que entrou em cartaz na quarta-feira (21) na Itália, que os homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil. Foi a forma mais clara que Francisco já usou para falar de direitos dos LGBTIs. "As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso", diz ele no documentário "Francesco". "O que precisamos criar é uma lei de união civil. Dessa forma eles são legalmente contemplados. Eu defendi isso", ele afirmou. A fala do papa surge na metade do filme. Ele discorre sobre temas com os quais se importa, como o ambiente, pobreza, migração, desigualdade racial e de renda e pessoas mais afetadas por discriminação. O Papa Francisco já demonstrou ter interesse em dialogar com católicos LGBTIs, mas geralmente suas mensagens são a respeito de acolher esses fiéis. Em 2014, o Papa Francisco deu entrevista ao jornal "Corriere della Sera" na qual disse que a Igreja ensina que casamento é entre um homem e uma mulher. Segundo a agência RNS, ele disse que entende que governos queiram adotar a união civil para casais gays por razões econômicas. Segundo o "Corriere della Sera", o papa disse que "é preciso considerar casos diferentes e avaliar cada caso em particular". O Vaticano então clarificou que Francisco falava de forma genérica e que as pessoas não deveriam interpretar as palavras do papa além do que elas dizem, segundo a RNS. As informações são do site G1.



Para o papa Francisco, fofoca é pior do que o coronavírus

Foto: Reprodução

Durante celebração no domingo (6) o papa Francisco pediu aos fiéis que evitem fazer fofocar. Em comparação à doença pandêmica, Francisco chegou afirmar que o ato calunioso é pior que o coronavírus e que poderia dividir a Igreja Católica Romana. "Por favor, irmãos e irmãs, vamos fazer um esforço para não fofocar. A fofoca é uma praga pior do que a Covid”, disse, em sua missa semanal de um balcão na praça de São Pedro. "O diabo é um grande fofoqueiro. Ele está sempre falando coisas ruins sobre os outros porque ele é o mentiroso que tenta dividir a Igreja”, acrescentou. O papa tem feito alertas frequentes sobre os riscos das fofocas e tem também condenado trolls da internet. Informações site Bahia Notícias.



Papa Francisco doa equipamentos ao Brasil para tratar a covid-19

Foto: Reprodução

O papa Francisco doou 18 respiradores e seis aparelhos de ultrassom portáteis a unidades hospitalares do Brasil, para o tratamento e terapia intensiva de pacientes e contaminados pela covid-19. No Rio de Janeiro, o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), recebeu quatro ventiladores e um ecógrafo, um tipo de ultrassom portátil. Os equipamentos foram enviados ao Brasil pelo papa Francisco por meio de uma parceria da Santa Sé com a empresa Hope Onlus Association, especializada no setor. O Hospital São Francisco na Providência de Deus, o único a receber a doação dos aparelhos no Rio de Janeiro, já era conhecido do papa, que, em 2013, durante a Jornada Mundial da Juventude, visitou a unidade. Atualmente, 15 pacientes diagnósticos com a doença estão em tratamento no HSF, sendo nove no CTI e os outros em leitos de internação.



Bom Jesus da Lapa: Pela primeira vez em 329 anos, Romaria no Santuário do Bom Jesus será virtual

Foto: Divulgação

Com três séculos de tradição, fé e religiosidade, a Romaria do Bom Jesus que acontece todos os anos no Santuário da cidade de Bom Jesus da Lapa, Oeste da Bahia, será realizada entre os dias 28 de julho e 05 de agosto, sem a participação dos romeiros. A celebração religiosa, é considerada a terceira maior romaria do Brasil e não acontecerá como de costume a milhares de fiais. Segundo a igreja católica, a medida será para evitar aglomerações em meio à pandemia da Covid-19, o novo coronavírus. Ainda segundo a organização do evento, a programação será de forma online, com missas e celebrações, em vários horários ao longo de oito dias. 

Foto: Divulgação

As festas religiosas do município, que chegam a receber dois milhões de pessoas por ano, geram emprego, renda e movimentam bastante o setor hoteleiro. A Romaria do Bom Jesus da Lapa tem 329 anos de história, e é uma das maiores manifestações religiosas e culturais do Brasil. O evento está inserido no calendário cultural do município e tem se destacado como uma das três principais romarias realizadas no país, junto com a Romaria de Aparecida do Norte, no estado de São Paulo e a Romaria do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, no Ceará.



Mulher empurra Padre Marcelo Rossi de palco durante missa; veja o vídeo

Foto: Reprodução l Vídeo

Uma mulher invadiu o altar e empurrou o padre Marcelo Rossi durante uma missa do último domingo (14), em Cachoeira Paulista (SP). A mulher furou a segurança, invadiu o palco durante a celebração que acontecia na Canção Nova e empurrou o padre de cima da estrutura. Apesar da queda, ele não ficou ferido e a mulher foi contida pela Polícia Militar. O padre estava no local para a missa de encerramento do acampamento ‘Por Hoje Não’. Por volta das 14h50 a mulher, que participava do evento, conseguiu furar a segurança, invadiu o palco por trás e empurrou o padre, que caiu da estrutura. No momento, pelo menos 50 mil pessoas participavam da celebração. Apesar da queda, o padre voltou ao palco minutos depois e continuou a celebração. De acordo com a Polícia Militar, a mulher foi encaminhada para a delegacia, no entanto, o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão. A polícia informou que a mulher tem 40 anos e que fazia parte de um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento. Os acompanhantes informaram à PM que ela sofre de transtornos mentais. Veja o momento da agressão.



Brumado: Paróquia do Bom Jesus celebrou missa em solenidade ao Sagrado Coração de Jesus

Foto: Diego Vieira l Pascom Brumado

No último dia 28 de Junho a paróquia do Bom Jesus na igreja Matriz celebrou a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Ocasião em que rezamos pela santificação do clero. Como dizia São João Maria Vianney: “O sacerdote é o amor do coração de Jesus”. Por isso somos convidados a rezar sempre pelos nossos sacerdotes especialmente pelo nosso papa, para que sejam fiéis à missão a eles confiada. Às 19h houve a procissão, seguida da celebração Eucaristica presidida pelo Pe. Cleonídio Alves. A Solenidade instituída pela igreja acontece sempre às sextas-feiras após dois domingos depois de Pentecostes. Na Paróquia Bom Jesus, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus é antiga, desde quando foi fundado o Apostolado da Oração em 30 de Maio de 1913 pelo padre José Dias. 

Foto: Diego Vieira l Pascom Brumado

A recepção da imagem foi com todo esplendor e com uma Missa para primeira comunhão de 28 crianças. No ano de 1915, o Apostolado da Oração contava com 811 associados sendo 19 zeladores e 20 zeladoras, sendo o Apostolado o principal meio de difusão da fé católica na cidade. Além do trabalho de evangelização, tinha a associação dos desvalidos como projeto posto em prática pelos apóstolos aos mais necessitados. Este ano, no dia 30 de maio, o Apostolado da Oração completou 106 anos de existência na paróquia Bom Jesus. A devoção e o zelo se estende até os dias atuais pelos membros do Apostolado que, com muita fé e amor ao Coração de Jesus, mantém viva essa tradição.



Canonização de Irmã Dulce será em outubro

Foto: Divulgação l Obras Irmã Dulce

A freira baiana Irmã Dulce será proclamada como santa pela Igreja Católica no dia 13 de outubro, um domingo, em cerimônia realizada às 10 horas, no Vaticano. A data foi divulgada na manhã desta segunda-feira (1) pelo arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger e a superintendente das Obras Sociais, Maria Rita Pontes. No anúncio também foi informado que Salvador receberá uma missa festiva para comemorar a canonização de Irmã Dulce. O evento ocorrerá no dia 20 de outubro, às 16 horas.



Papa Francisco decreta canonização de Irmã Dulce

Foto: Reprodução l Osid

O decreto de canonização de Irmã Dulce foi assinado na segunda-feira (13) pelo Papa Francisco, no Vaticano. Com a assinatura, a religiosa, conhecida como o anjo bom da Bahia, deverá ser proclamada santa nos próximos meses. A data ainda não foi divulgada. O processo de canonização chegou à fase final após o reconhecimento do segundo milagre atribuído à religiosa e por todo o trabalho social que ela desempenhou ao longo da vida. Nascida em Salvador, em 26 de maio de 1914, a religiosa fazia parte da  Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Ela faleceu em 22 de maio de 1992. Seu processo de beatificação começou em 22 de maio de 2011.



Polícia prende suspeita de aplicar golpe e acusar Padre Marcelo Rossi de plágio

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na última quinta-feira (9), Izaura Garcia de Carvalho Mendes, de 65 anos, suspeita de praticar estelionato ao aplicar um golpe milionário no padre Marcelo Rossi. Uma investigação da Polícia Civil, mostrou que Izaura fraudou o registro de um texto e, em processo na Justiça, alegou que o padre o copiou e o usou sem dar crédito no livro "Ágape". O livro vendeu 10 milhões de exemplares entre 2010, quando foi lançado, até abril deste ano, quando foi retirado de circulação por uma decisão judicial movida por ela. Em 2013, Izaura fez um acordo com a Editora Globo e recebeu R$ 25 mil numa primeira ação. Segundo o site G1, em uma nova ação contra a editora do livro, que manteve na obra o trecho que Izaura diz ser seu, a Justiça determinou, em 11 de abril de 2018, a proibição de venda do "Ágape" e o recolhimento de todos os livros que estão no mercado. Não satisfeita, Izaura ainda fez o pedido de uma indenização de R$ 51,6 milhões. Izaura foi chamada a depor na delegacia. Diante do delegado respondeu que não sabe falsificar documentos e que mostrou toda a documentação às advogadas. "Só sei datilografar", disse. Conforme o G1, após a afirmação, o delegado prendeu Izaura e as duas advogadas. Depois, a polícia fez buscas na casa de Izaura, no bairro do Rio Comprido, na região Central do Rio, onde apreendeu documentos que podem auxiliar nas investigações. Após constatar a fraude, a escritora e as duas advogadas foram presas e posteriormente liberadas para responder o processo em liberdade.



Papa Francisco pede a estudantes que deixem o vício do celular

Foto: Reprodução l Rede Social

Durante discurso para estudantes do instituto público Ennio Quirino Visconti, escola secundária clássica de Roma, o papa Francisco pediu aos jovens, no último sábado (13), no Vaticano, que se "libertem da dependência" do telefone celular, que é "como uma droga." "Libertai-vos da dependência do celular! Por favor!", clamou Francisco. Ele explicou "que os telefones celulares são um grande progresso de grande ajuda, e é preciso usá-los, mas quem se transforma em escravo do telefone perde a sua liberdade". O papa lembrou que "o telefone celular é uma droga" que "pode reduzir a comunicação a simples contatos". O pontífice disse aos estudantes que não tenham medo das diversidades e ressaltou que “os diálogos entre diferentes culturas enriquece um país, enriquece a pátria e nos faz olhar para uma terra de todos e não só para alguns”. Para ele, a escola deve educar em prol da inclusão, do respeito à diversidade e da cooperação.



Salvador: Homem critica esculturas de orixá em vídeo e MP apura denúncia de intolerância religiosa

Foto: Reprodução l Redes Sociais

Nesta quarta-feira (10) o Ministério Público da Bahia (MP) abriu um procedimento para apurar denúncias de intolerância religiosa contra um homem que aparece em um vídeo nas redes sociais criticando a instalação de esculturas do orixá Oxóssi e de Mãe Stella, em Salvador. As esculturas, instaladas no início da Avenida Mãe Stella de Oxóssi, via que liga a Av. Paralela à orla do bairro de Stella Maris, foram inauguradas na terça-feira (9). A obra, do escultor Tatti Moreno, é uma homenagem à memória da mãe de santo, mulher, escritora, sacerdotisa e conhecedora dos cultos e tradições do candomblé. Segundo o G1, o vídeo foi postado no Facebook, por um homem que se apresenta como "Diogo Nöbre". Na gravação, feita no local, o homem, que informa ser morador de Salvador, lê trechos da bíblia e diz que Deus ficou "irado" com a inauguração obra. "Queridos, a ira de Deus está sobre a terra. Deus está esperando mudança e transformação do seu povo. Deus está procurando o povo unido. É tempo da igreja se unir. Enquanto a briga, a contenta, a divisão entra no meio da igreja, o diabo, o reino das trevas, acha espaço para isso aí", afirma, apontando para as esculturas. Conforme o G1, várias pessoas comentaram no post e acusaram o homem de intolerância religiosa. "É crime", escreveu um internauta. "Sou evangélica, e ainda bem que não me enquadro ao perfil de 'crentes' como esse. Aprendi desde criança a respeitar todas as religiões. Tenho amigos católicos, do candomblé e quem não crer em nada. E ainda assim amo cada um deles", comentou outro.



Brumado: Igreja Universal realiza 'Unisocial' no bairro irmã Dulce

Foto: Divulgação

No último domingo (31), foi realizado no bairro Irmã Dulce, em Brumado, o projeto "Unisocial", da Igreja Universal. O Unisocial é a união de todos os grupos da Igreja Universal: Obreiros, Evangelização, Força Jovem, Calebe e outros. O objetivo é levar vários serviços gratuitos para a população. Todo mês a universal realiza este evento não apenas em Brumado mas na Bahia e no Brasil, onde tem uma Igreja, tem um grupo de voluntários, com o objetivo de realizar ações sociais, além de levar a palavra de Deus para os aflitos. O evento também realizou sorteios de cestas básicas e kits de higiene pessoal.

 



STF decide que sacrifício de animais em cultos religiosos é constitucional

Foto: Reprodução l Correio

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quinta-feira (28), por unanimidade, que é constitucional o sacrifício de animais em cultos religiosos. O caso chegou ao Supremo em um recurso do Ministério Público do Rio Grande do Sul contra uma decisão do Tribunal de Justiça gaúcho que autorizou a prática em relação a religiões de matriz africana, desde que sem excessos e crueldade. O julgamento do caso começou em agosto do ano passado. O relator, ministro Marco Aurélio Mello votou a favor do sacrifício dos animais nos rituais de todas as religiões, não apenas as de matriz africana. Todos os ministros seguiram o mesmo entendimento. Na ocasião, entretanto, Marco Aurélio condicionou o abate ao consumo da carne do animal, enquanto os demais não. A decisão foi tomada em um recurso com repercussão geral e deverá ser aplicada por todos os tribunais e juízes do país em casos semelhantes.

 



Brumado: Se aprovado na Câmara projeto de monumento terá uma balança ou machado como simbologia; diz sacerdote

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Sendo alvo de várias discussões em Brumado, o projeto 07/2019, ao contrário de que muitos especulam, não terá uma escultura de um orixá no canteiro central da Avenida Lindolfo Azevedo Brito. Em entrevista ao 97NEWS, o sacerdote Dionata de Xangô, explicou como será o monumento se for aprovado em duas votações na Câmara Municipal de Brumado. Como já foi afirmado pelo próprio sacerdote, defensor da religião de Matriz Africana, o monumento será custeado por iniciativa privada e por adeptos da religião Afro-Brasileira. "Ao contrário de que muitos criticam, o monumento está entre dois objetos sagrados. Um é a balança, que representa a Justiça, ou pode ser o machado de dois gumes, que também é uma ferramenta sagrada do orixá Xangô", ressaltou Dionata, que ainda destacou que acredita na Justiça e na Constituição. "Mediante ao que acontecer na sessão desta sexta-feira, estarei apto a tomar as devidas providências junto ao Ministério Público, porque eu não vou me sentir rejeitado, não vou ser descriminado, porque acredito na minha crença e no meu credo", afirmou o sacerdote ao esclarecer que a religião Africana sempre foi de resistência, "então nada disso me amedronta, nada disso me faz recuar", disse ao 97NEWS. 



Mais um brumadense será ordenado Padre pela diocese de Caetité

Foto: Reprodução l Pascom l Brumado

No dia 25 de maio, em cerimônia que será realizada no Ginásio de Esportes Antônio Alves Brito, em Brumado. O brumadense e diácono, Ícaro Vinícius Gonçalves Silva, será ordenado padre pela Diocese de Caetité. A cerimônia de ordenação presbiteral está marcada para às 18h. A data foi divulgada pelo bispo Dom José Roberto Silva Carvalho na 43ª reunião do Conselho Pastoral Diocesano (CPD). Antes da dioaconia, Ícaro Vinícius fez estágio pastoral na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Macaúbas. Atualmente, colabora com as atividades pastorais na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Caetité. Filho do atual vereador brumadense, Girson Ledo Silva, Ícaro ingressou no seminário aos 21 anos, em 2010. Um ano depois, foi para Belo Horizonte, onde estudou Filosofia e Teologia, na Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG). Em agosto do ano passado, foi ordenado diácono. O brumadense será o segundo padre ordenado este ano na diocese. Informações sobre a cerimônia de ordenação podem ser obtidas pelos telefones (77) 3441-7022 / 99990-9440. As paróquias precisam confirmar presença até o dia 6 de maio.

 



Projeto que prevê a implantação de monumento candomblecista gera polêmica em Brumado

Castelo Alto de Xangô em Brumado - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Um projeto solicitado pelo sacerdote Dionata de Xangô, à vereadora Ilka Abreu (PR) tem gerado polêmicas nas redes sociais, no meio evengélico e catolicismo. O projeto de Lei 07/2019, prevê a construção de um monumento no canteiro central da Avenida Lindolfo Azevedo Brito, na BA-148, em frente ao "Castelo Alto de Xangô", uma das maiores casas religiosas do seguimento no Brasil. De acordo com a proposta apresentada na Câmara de Vereadores de Brumado, o “Monumento do Candomblé” seja construído e mantido única e exclusivamente através de doações de particulares e instituições privadas. Ainda segundo o projeto, a prefeitura deverá determinar um prazo para que interessados apresentem projeto para edificação do monumento. 

O projeto prevê a construção de um monumento do Candomblé no canteiro central da BA-148 - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Segundo apurou o 97NEWS, o projeto gerou um certo desconforto para a bancada evangélica, que é representada pelo vereador, José da Silva Santos (Sem Partido), que segundo ele, a proposta abre um leque de discussões, tendo em vista que beneficia a fé que alguns, e não de um todo. “O nosso estado é laico. Respeitamos todas as religiões, porém, se for construir um monumento alusivo ao candomblé, também será de direito construir monumentos a outras culturas religiosas em nossa cidade”, disse o vereador na última sessão da Câmara. As declarações do vereador deixou o babalorixá, Dionata de Xangô, chateado que, comentou a imprensa local, “como estudante de Direito, tenho pleno conhecimento que o monumento é legítimo e um direito garantido”. 

Monumento cristão na Praça Senhor do Bonfim - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O representante do candomblé em Brumado, também esclareceu, "a vereadora Ilka somente atendeu à uma solicitação nossa, pois como representantes do Candomblé, temos que reverenciar e exaltar a nossa crença, então, a construção de um monumento é totalmente factível nesse sentido”. O sacerdote alfinetou o vereador e argumentou, “se ele defende a laicidade do estado, como que ele explica o monumento aos dez mandamentos feitos por uma igreja evangélica na Praça Senhor do Bonfim”. O Babalorixá completou ainda dizendo, “se existe em nossa cidade um símbolo do Catolicismo na Praça da Matriz e também o monumento da Bíblia Sagrada, nada mais justo que o Candomblé também ter a sua representação, então, caso realmente queiram partir para o confronto eu vou entrar com uma liminar para retirar esses dois monumentos citados, pois seria uma injustiça. Hoje vivemos a era do ecumenismo, de paz e entendimento entre as religiões e posturas radicais podem representar descriminação, o que é um crime”, explicou o sacerdote.

 



'Escutemos o grito das crianças que pedem justiça', diz Papa Francisco ao abrir reunião contra pedofilia

Foto: Reprodução l Vincenzo Pinto / AFP

O Papa Francisco pediu na quinta-feira (21) aos líderes da Igreja de todo o mundo que adotem "medidas concretas" para combater a pedofilia, na abertura de uma reunião histórica no Vaticano sobre o tema que abala a Igreja. "O povo de Deus nos observa e espera não óbvias e simples condenações e sim medidas concretas e eficazes. Escutemos o grito das crianças que pedem justiça", afirmou o pontífice diante de quase 200 líderes religiosos. "Iniciemos nosso percurso armados de fé, de coragem e de concretização", pediu o papa ao convidar cardeais, arcebispos, bispos e superiores religiosos a encarar a "praga dos abusos sexuais" cometidos por membros da Igreja. Esta é a primeira vez na história que os líderes da Igreja católica se reúnem a pedido do papa para debater a pedofilia, crime que minou a credibilidade da instituição em todos os continentes e que foi acobertado e negado durante décadas. "Peço ao Espírito Santo que nos ajude nestes dias a transformar este mal em uma oportunidade para tomar consciência e como purificação. Que a Virgem Maria nos ilumine para tentar curar as graves feridas que o escândalo da pedofilia provocou tanto aos pequenos como aos fiéis", disse. O pontífice latino-americano deseja mudar a mentalidade dos bispos com um método jesuíta, com três dias de debates, discursos, reuniões intercaladas com orações, mas sobretudo com os depoimentos comoventes de vítimas de abusos sexuais quando eram crianças. Desde que explodiram os primeiros escândalos há 35 anos, a hierarquia da Igreja católica adotou uma série de medidas preventivas, aprovou leis, pediu desculpas e anunciou condenações, mas sem conseguir acabar com o que é conhecido como "cultura de acobertamento", ou seja, o silêncio. 

 

 

 



Encontro no Vaticano vai discutir abusos cometidos por religiosos

Foto: Reprodução l ACI Prensa

O Vaticano vai reunir nesta semana, entre quinta-feira (21) e domingo (24), representantes de conferências episcopais, da Igreja Católica Romana, de 130 países para discutir as denúncias de abusos sexuais cometidos por religiosos contra crianças e adolescentes. Integrantes de grupos de vítimas de abusos estarão presentes no encontro. Neste domingo (17), durante a celebração pública, o papa Francisco pediu orações a todos. Segundo ele, todos devem assumir suas responsabilidades diante de “um desafio urgente do nosso tempo”. De acordo com o Vaticano, o encontro pretende adotar ações concretas e decisões em nome da justiça e verdade. Em recente discurso ao Corpo Diplomático na Santa Sé, o papa ressaltou que "abusos contra menores" constituem um dos piores e mais vis crimes possíveis. O presidente da Pontifícia Comissão para a Proteção de Menores, cardeal Seán O'Malley, disse que a reunião marcará o momento de desenvolvimento de um caminho claro para a Igreja, baseado em verdade, justiça e maior transparência.



Aluna será indenizada por ter sido obrigada a fazer oração em sala de aula

Foto: Luciano Santos l 97News

Em um caso não muito frequente, mas também que não é raro, a justiça de São Paulo condenou uma professora e uma escola pública a pagarem idenização a uma aluna. Segundo o Tribunal de Justiça da capital paulista, a professora, com o conhecimento da direção e da coordenação, realizava orações coletivas durante as atividades escolares. A mãe da criança, que a representou no processo, alegou que a filha sofreu danos psicológicos ao ser alvo de bullying por se recusar a participar da oração. Ela e sua família são candomblecistas. A desembargadora Maria Laura Tavares, relatora do processo, avaliou que o pedido de indenização era procedente. “O Estado, especialmente a instituição de ensino pública, não deve promover uma determinada religião ou vertente religiosa de forma institucional e não facultativa”, comentou a magistrada na decisão. A desembargadora completou dizendo que essa atitude pode ocasionar “segregações religiosas, separatismos, discórdias e preconceitos”. De acordo com a relatora, o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) é de que o Estado responde objetivamente pelos danos causados por seus agentes. Segundo a desembargadora, cabe à Administração Pública apurar se houve culpa ou dolo da professora pelos danos causados e, se for o caso, cobrar o devido ressarcimento. O desrespeito à liberdade religiosa e a imposição de prática de cunho religioso de forma institucional e obrigatória em instituição de ensino pública violam o direito da personalidade das autoras, notadamente quanto à liberdade de pensamento, identidade pessoal e familiar.



Advogados de João de Deus solicitam ao Supremo desistência de habeas corpus

(Foto: Divulgação)

A defesa do médium João de Deus pediu, nesta sexta-feira (11), um pedido de desistência do habeas corpus. Ao G1, o advogado do médium, Antônio Carlos de Almeida, disse que se trata de uma "estratégia de defesa". "Como a liminar no Supremo não foi decidida, resolvemos esperar o trâmite normal do habeas corpus no Tribunal de Goiás. O recesso em Goiás já terminou e as sessões estão ocorrendo normalmente", afirmou. João de Deus está preso por suspeita de abusos sexuais  no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.