04.Abr.2017 - 10:42
 
Lei Nacional de Castração de Animais é bem vinda pela AUAU que espera que Brumado adote com urgência a medida
Redação 97NEWS
 
 

(Fotocomposição: 97NEWS)
 

O problema de animais errantes que vagam pelas ruas das cidades do Brasil fez com que as autoridades nacionais viessem a buscar uma solução rápida para a situação, já que é uma questão de saúde pública. Diante disso, o governo federal, anunciou na última sexta-feira (31) a Lei nº. 13.426/2017, que foi publicada na edição desta sexta-feira (31) do Diário Oficial da União (DOU), a qual cria uma política de controle de natalidade de cães e gatos por meio de cirurgia de esterilização ou outro procedimento que garanta eficiência, segurança e bem-estar ao animal. A notícia agradou os defensores de animais, que, muitas vezes, têm que lutar contra a eliminação em massa de animais que é feita em vários locais do país. Em Brumado, que vem sofrendo há muitos anos com o problema, a adoção da nova Lei foi bem recebida pela ONG AUAU, que vem lutando de forma heroica na defesa da vida dos animais. Segundo representantes da instituição a grande pergunta que surge é “será que em Brumado a prefeitura municipal irá adotar a lei, já que historicamente o retrospecto nesse sentido é negativo?”. A castração é um processo quase indolor e contribui de forma muito positiva para a solução do problema do grande número de animais que vagam errantes pela cidade de Brumado. A população também espera que a administração municipal coloque logo em prática o projeto, pois a situação se agravou muito ultimamente, com o aparecimento de vários casos de envenenamento de animais.