01.Fev.2017 - 12:17
 
Pesquisa diz; quem come pimenta vermelha regularmente vive mais
Por Redação
 
 

Foto: Arquivo/97News
 

Quem come pimenta vermelha regularmente vive mais. É a conclusão de uma pesquisa feita por uma universidade dos Estados Unidos. E na terra do acarajé quente, a notícia foi muito bem recebida. Salvador considerada a capital do acarajé, os baianos viram com bons olhos essa nova descoberta. Dona Norma uma baiana da "Gema" diz que come pimenta todos os dias, "Como pimenta na sopa, no molho com pão e outros alimentos". Os cientistas americanos acompanharam por quase 20 anos a rotina alimentar de 16 mil pessoas. Uma parte delas consumia pimenta, outra não. Nesse período, os pesquisadores analisaram as mortes ocorridas entre essas pessoas e as causas, e descobriram que a mortalidade foi 13% menor entre os indivíduos que comiam pimenta vermelha pelo menos uma vez por mês. A pesquisa não aponta uma causa, mas sugere que a explicação pode estar na capsaicina, substância responsável pelo ardor da pimenta e que age sobre os vasos sanguíneos, melhorando a circulação e regulando a pressão arterial. Com isso, diminuem os riscos de infarto e acidente vascular cerebral, o AVC.