30.Set.2016 - 10:50
 
Eleições 2016: Polícia Federal investiga esquema compra de votos em igreja evangélica em Feira
 

Segundo a Polícia Federal, político prometia benefícios, como consultas. PF diz ainda que suspeito afirmava ‘amaldiçoar’ quem se recusava (Foto: Reprodução)
 

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (30), a Operação Simão, que combate um esquema de oferecimento de vantagens a eleitores.As denúncias envolvem um candidato a vereador ligado a uma igreja evangélica no município de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Foram cumpridos nove mandados de condução coercitiva e oito de busca e apreensão na cidade, com uma equipe de 40 policiais federais. Segundo a polícia, as investigações iniciaram há cerca de um mês, a partir de requisição do Ministério Público Eleitoral, que informou a captação ilícita de votos por parte de um candidato a vereador vinculado a uma igreja evangélica. Conforme o pedido do MPE, o candidato e o grupo a ele vinculado estariam cadastrando eleitores fiéis da igreja, com a promessa de abençoá-los, e “amaldiçoavam” quem se recusava a fornecer dados do título eleitoral.