ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Greve de caminhoneiros afeta abastecimento de oxigênio em hospitais de Brumado e Região

Baianos vendem gasolina em site na internet; valores chegam a R$ 8

Vitória fica no empate com o Sampaio Corrêa e perde vaga na Copa do Nordeste

Livramento: Após bloqueio na BA-148 motoristas tentam passar por desvio e são impedidos por manifestantes

Comando da 34ª CIPM garante que policiamento ostensivo será mantido

Obras em 2019: UNEB Campus XX finalmente terá sede própria em Brumado, diz diretora

Indefinido: Associação de caminhoneiros abandona reunião e mantém greve

Lojistas afirmam que comércio deve ter movimento tímido na Copa do Mundo

Honra ao Mérito: Conheça a trajetória da Major Leila Gonçalves, a primeira mulher da região sudoeste a ser promovida ao oficialato superior

Quarto dia: Motoristas declaram apoio aos caminhoneiros em Brumado

'Promoção Quinta Maluca' do Rey do Dellivery : Pizza grande por R$ 19,99 + bordas grátis

‘Estamos sendo tratados como mendigos’, afirma agente de endemias de Brumado

Brumado: Prefeitura inicia construção de nova rua ao lado da Câmara de Vereadores

Brumado: Feirantes alertam que hortifrútis podem terminar nesse final de semana caso continue a greve dos caminhoneiros

Viação Catarino emite comunicado sobre redução de rotas

Confiança do Consumidor chega a menor nível desde outubro, diz pesquisa

Aplicativo facilita acesso às ações do TCE/BA

Morador do Jardim de Alah mata cobra venenosa dentro de sua casa; ‘estamos esquecidos’, protestou

Sindicato forte é a maior proteção dos trabalhadores

Brumado: Cineclube será lançado pelo Projeto Escolas Culturais neste sábado (26)


Operação Juízo Final interdita três funerárias em Salvador

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Uma operação conjunta envolvendo quatro órgãos da prefeitura de Salvador, Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon), Guarda Civil Municipal (GCM) e as secretarias municipais de Desenvolvimento (Sedur) e Urbanismo e de Ordem Pública (Semop), além da Polícia Civil, foi deflagrada nesta quinta-feira (20). A ação teve como objetivo fiscalizar as condições de funcionamento dos estabelecimentos e inspecionar a qualidade do serviço oferecido à população.Batizada de Juízo Final, a operação embargou as funerárias Pax Pau da Lima, localizada no bairro de Pau da Lima; Porto, em Escada; e Pax Brasil, em Plataforma – esta última foi impedida de funcionar por estar com Termo de Viabilidade de Localização (TVL) vencido e por não ter a licença de publicidade. Nove autos de infração foram lavrados por falta de preço, falta de vidro fumê nas entradas, portas abertas e ausência do Código de Defesa do Consumidor expostos em alguns estabelecimentos. Os proprietários de três funerárias de Salvador foram intimados, nesta quinta-feira (20), a comparecerem na Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) para prestarem esclarecimentos sobre denúncias de irregularidades na venda de caixões e outros serviços funerários. A informação foi dada pela delegada Idalina Otero, titular da Decon. Segundo Otero, a operação teve como objetivo apurar denúncias de irregularidades neste tipo de comércio, que chegam à delegacia e à prefeitura. Segundo ela, novas operações deverão ocorrer nos próximos meses em funerárias de outros bairros da cidade. "Os estabelecimentos que apresentavam irregularidades também serão visitados para verificar se as correções foram implementadas", ressaltou. De acordo com Janete Garcia, coordenadora de cemitérios da Semop, a operação foi planejada após várias denúncias apresentadas à Codecon. "Recebemos muitas reclamações de funerárias que aproveitam o momento de dor para tirar proveito na questão financeira. Essa é uma operação, que visa, além de observar preços abusivos, a questão de documentação do espaço e sua publicidade", explicou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário