ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Detran faz campanha pela valorização da vida no trânsito durante os festejos juninos

'Arraiá da Educação': Pelo segundo dia, escolas municipais dão um show com as quadrilhas juninas

Policiais lotados na 34ª CIPM de Brumado participam de palestras

Em reunião com o prefeito, Zé Carlos de Jonas busca novos avanços para a região da Vila Presidente Vargas

Em plena Copa do Mundo: Brasileiros gostam mais de sexo do que de futebol

Sem dinheiro, menino pinta as próprias figurinhas da Copa do Mundo

Brumado: Dias 23 e 24 o bairro Dr. Juracy realiza o 'São João da Copa'

Pedagoga brumadense é vítima de atos libidinosos dentro de ônibus da Novo Horizonte; autor foi preso em flagrante

Brumado: Catadora de material reciclável clama por ajuda para que o sonho do seu filho seja realizado

Em visita a Brumado, Jorge Solla acena com a tendência de parceria com o pré-candidato Márcio Moreira

Homens suspeitos de integrarem facção criminosa são presos em Guanambi; uma submetralhadora foi apreendida

Brumado: Segundo previsão, São João será de garoa e temperaturas na casa dos 20 graus

Zé Ribeiro participa, juntamente com Waldenor e Zé Raimundo, do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familar

Homem é preso após tentar roubar PM com arma de brinquedo

Psicologia na Clínica Master com Juhéli Cerqueira

Ex-vereador Dedéu confirma apoio à pré-candidatura de Carlinhos Moura

Café da Manhã: Uma variedade de delícias com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

Lídice da Mata é excluída da chapa governista; PSB nacional fica irritado

Falha no Sistema fez usuários da Coelba voltarem às lotéricas para pagar as contas, mas pagamentos ainda estão suspensos

‘O que era para ser para o lazer, acabou se tornando esconderijo de bandidos’, afirmam moradores de Umburanas


Reforma trabalhista: Um dia após rejeição, Câmara aprova tramitação com urgência

Foto: Reprodução

Após uma manobra do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que colocou novamente em votação, sem debate, o requerimento de urgência da reforma trabalhista na noite desta quarta-feira (19), a base do governo Temer conseguiu aprovar a proposta que acelera a tramitação do projeto. O requerimento havia sido rejeitado na noite desta terça, quando faltaram 27 votos, mas após um acordo entre parlamentares da base, que conseguiram votos suficientes para sua aprovação, voltou a ser votado. Com aprovação, por 287 votos a 144, a previsão é que a comissão especial vote a reforma trabalhista na próxima terça-feira 25 e, no plenário, na quarta (26). Em protesto contra a manobra antirregimental, os deputados da oposição gritaram "golpe" atrás de Rodrigo Maia e o acusaram de usar o "método Cunha" de votação, em referência aos episódios em que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha manobrava para conseguir aprovar uma votação que já havia sido rejeitada, como aconteceu com a redução da maioridade penal.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário