97 News
publicidade
 
Vídeo em Destaque
 
Malhada de Pedras: Moradores do loteamento Urbis 4 querem o termino das obras
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Facebook
 
publicidade
17.Abr.2017 - 08:16
 
Diga ‘Chocolate’ e leve sua propina, diz executivo
Informações do Estadão
 
 

Hilberto Mascarenhas (Foto: Divulgação)
 

O executivo Hilberto Mascarenhas, chefão do Departamento de Propinas da Odebrecht, disse aos procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal que ‘Chocolate’ era a senha para políticos e gestores públicos pegarem valores ilícitos. “Chegava no local e dava a senha ‘chocolate’. Vim pegar meu ‘chocolate, é cem (mil)’. Dizia senha e dizia o valor.” Hilberto contou que o doleiro Álvaro Galliez Novis – suposto repassador de dinheiro ilícito do esquema do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB/RJ) – foi assaltado certa vez no Jockey Club do Rio. Os ladrões levaram entre R$ 7 milhões e R$ 8 milhões que estavam sob a guarda de Novis. O delator foi ouvido pelos procuradores da Lava Jato no dia 14 de dezembro, na sede da Procuradoria da República em Ribeirão Preto (SP). Segundo ele, o esquema ‘Chocolate’ migrava de endereço frequentemente. “No início existia um local que a área de operações estruturadas (setor de propinas da empreiteira) passava para o diretor de obras e este passava para o interessado final (para resgate da propina).” Depois, o lugar de entrega foi mudando. “Porque se fizer negócio desse no mesmo local você é assaltado todo dia. Funcionava principalmente em São Paulo e no Rio.” Hilberto disse que o esquema começou a dar problemas. “Uma pessoa, às vezes, não ia (pegar a propina) e aí sobrava o dinheiro lá. Aí tinha que passar gente lá, passava segurança guardando o dinheiro.” Sobre o episódio do doleiro Novis, o executivo contou. “Teve o assalto, ele perdeu 7, 8 milhões, teve que pagar, era meu tava na mão dele, tinha que dar conta. Ele disse que o dinheiro estava no Jockey Club do Rio, mas que não podia fazer nada porque estava sofrendo pressão. Se fizesse qualquer coisa de polícia, a filha deve estava correndo risco. Ia bancar. Cobrei dele metade de todas as comissões dele até conseguir pagar, levou dois ou três anos.” Depois que foi assaltado, Novis contratou uma transportadora de valores para manter sob guarda tanto dinheiro de propina. “Prá guardar o dinheiro que sobrava na mão dele. Gato escaldado”, disse o delator.


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
Comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Escrever comentário:
 
Nome:
E-mail (não será divulgado):
 Mensagem:
 
 
Voltar
 
 
30.Abr.2017 - Tragédia: Oito jovens morrem em desastre na BR-101, após saírem de festa na Bahia
30.Abr.2017 - Luto na Música: Belchior aos 70 anos
30.Abr.2017 - Jovem é flagrado após viajar 810 Km escondido no bagageiro da Novo Horizonte
30.Abr.2017 - Veja os malefícios de tomar leite de caixa e da ultrapasteurização
30.Abr.2017 - Suspeito de matar enfermeira a facadas em Alagoinhas é preso em trailer na BR-110
30.Abr.2017 - Suspeito morre após atirar contra PMs e família arma 'barraco' no hospital
29.Abr.2017 - WhatsApp: golpe com times de futebol atrai 2 milhões de torcedores
29.Abr.2017 - Pais e alunos da Escola Nice Público solicitam a limpeza da área externa da instituição escolar
29.Abr.2017 - Mega-Sena pode pagar R$ 35 milhões hoje (29)
29.Abr.2017 - Chegou a hora da decisão: É neste domingo (30) a Grande Final do Gauchão; venha prestigiar
Rádio Alternativa FM 97,9
 
Últimos Eventos
 
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Comentários
 
Webiston Barbosa Reis em:
Claudia Leitte e Bell Marques devem mais de R$ 30 milhões para a União
 
Webiston Barbosa Reis em:
Esporte e Educação: Vereadora Lia Teixeira é autora de importante projeto que institui as Olimpíadas Escolares de Brumado
 
Adão Azevedo Chaves em:
Waldenor condena reforma trabalhista e convoca população a aderir à greve geral na sexta-feira (28)
 
Maura Matos em:
Brumado: Desabafo de cliente chama a atenção para aplicação integral do Código de Defesa do Consumidor no comércio local
 
 
 
Categorias
 
97 News © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]
Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções