97 News
publicidade
 
Vídeo em Destaque
 
Fãs dão o último adeus ao Maluco do Veneno
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Facebook
 
publicidade
17.Abr.2017 - 08:16
 
Diga ‘Chocolate’ e leve sua propina, diz executivo
Informações do Estadão
 
 

Hilberto Mascarenhas (Foto: Divulgação)
 

O executivo Hilberto Mascarenhas, chefão do Departamento de Propinas da Odebrecht, disse aos procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal que ‘Chocolate’ era a senha para políticos e gestores públicos pegarem valores ilícitos. “Chegava no local e dava a senha ‘chocolate’. Vim pegar meu ‘chocolate, é cem (mil)’. Dizia senha e dizia o valor.” Hilberto contou que o doleiro Álvaro Galliez Novis – suposto repassador de dinheiro ilícito do esquema do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB/RJ) – foi assaltado certa vez no Jockey Club do Rio. Os ladrões levaram entre R$ 7 milhões e R$ 8 milhões que estavam sob a guarda de Novis. O delator foi ouvido pelos procuradores da Lava Jato no dia 14 de dezembro, na sede da Procuradoria da República em Ribeirão Preto (SP). Segundo ele, o esquema ‘Chocolate’ migrava de endereço frequentemente. “No início existia um local que a área de operações estruturadas (setor de propinas da empreiteira) passava para o diretor de obras e este passava para o interessado final (para resgate da propina).” Depois, o lugar de entrega foi mudando. “Porque se fizer negócio desse no mesmo local você é assaltado todo dia. Funcionava principalmente em São Paulo e no Rio.” Hilberto disse que o esquema começou a dar problemas. “Uma pessoa, às vezes, não ia (pegar a propina) e aí sobrava o dinheiro lá. Aí tinha que passar gente lá, passava segurança guardando o dinheiro.” Sobre o episódio do doleiro Novis, o executivo contou. “Teve o assalto, ele perdeu 7, 8 milhões, teve que pagar, era meu tava na mão dele, tinha que dar conta. Ele disse que o dinheiro estava no Jockey Club do Rio, mas que não podia fazer nada porque estava sofrendo pressão. Se fizesse qualquer coisa de polícia, a filha deve estava correndo risco. Ia bancar. Cobrei dele metade de todas as comissões dele até conseguir pagar, levou dois ou três anos.” Depois que foi assaltado, Novis contratou uma transportadora de valores para manter sob guarda tanto dinheiro de propina. “Prá guardar o dinheiro que sobrava na mão dele. Gato escaldado”, disse o delator.


 
(0) comentário(s)
publicidade
 
Comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
 
Escrever comentário:
 
Nome:
E-mail (não será divulgado):
 Mensagem:
 
 
Voltar
 
 
23.Jun.2017 - Festas privadas dos principais destinos do São João terão 52% de atrações de fora do forró
23.Jun.2017 - Sudoeste: Por causa de uma dívida, comerciante confessa ter mandado matar idosa
23.Jun.2017 - Venda de fogos aumenta nas vésperas do São João em Brumado
23.Jun.2017 - Irresistível: As delícias do São João com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina
23.Jun.2017 - Vítimas de acidente com ônibus em MG são enterradas na Bahia
23.Jun.2017 - Acabou o Gás neste São João? Esmeralda Gás revendedora autorizada Nacional Gás
23.Jun.2017 - Vereador é filmado grampeando órgão genital em mesa depois de aposta com amigos
23.Jun.2017 - Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões no Rio Grande do Sul
23.Jun.2017 - A4 Veículos: Feliz São João
23.Jun.2017 - Uneb Campus Brumado: Técnicos administrativos vão paralisar atividades
Rádio Alternativa FM 97,9
 
Últimos Eventos
 
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Comentários
 
João Vitor em:
Refletindo o sentimento popular: ‘Brumado está se tornando a terra da tristeza e da indignação’, afirma Zé Ribeiro
 
Webiston Barbosa Reis em:
AUCIB divulga lista dos cargos comissionados da secretaria do Legislativo e dos gabinetes dos vereadores de Brumado
 
Carla Jeane Alves em:
Família procura brumadense que está desaparecido
 
Webiston Barbosa Reis em:
Produção proíbe perguntas sobre 'Aviões' à Solange e irrita imprensa de Salvador
 
 
 
Categorias
 
97 News © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]
Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções