ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Municípios do sudoeste baiano debatem a saúde pública na Bahia em Oficina de Gestão

Endureceu: ‘Essa situação dos cães errantes é uma vergonha para Brumado’, dispara Zé Ribeiro

Dois jovens morrem em acidente de moto na BA-156 entre as cidades de Jacaraci e Mortugaba

Controlar como as crianças usam a tecnologia: prevenção ou invasão de privacidade?

Concurso da Polícia Civil da Bahia acontece neste domingo

Sindicato oferece recompensa de R$ 10 mil por informações sobre a morte do delegado Marco Torres

Brumado: ‘Os vereadores do bairro são oposição, mas o povo tem que ser a situação da vez’, protestam moradores da Benjamim Santos

Lia Teixeira comemora assinatura do convênio da FUNASA para inícios das obras do sistema de abastecimento de Cristalândia e região

Brumado: Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes intensifica ações em frente às escolas

Avicii, DJ e produtor sueco, morre aos 28 anos

Vereador Elias Piau faz requerimento verbal ao Executivo solicitando a capina e a limpeza de vários bairros da cidade

Coordenador do Polo da UAB/Brumado participa de 'Encontro do Fórum Nacional de Coordenadores Estaduais' em Gramado (RS)

Brumado: Vacinação contra gripe começa na próxima segunda-feira (23)

Destruída pelas chuvas há cinco meses, motoristas apontam perigo causado por buracos na Av. Lindolfo Brito

Moradores da Rua São Judas Tadeu, no bairro São Jorge pedem com urgência a pavimentação da via

Jacobina: Professora aparece em vídeo gravado por ela mesma ameaçando criança em creche

Brumado: Prefeito, vice e 7 vereadores anunciam apoio à pré-candidatura de Márcio Moreira

Itagibá: Ciganos são detidos com armas, carros, joias e mais de R$ 18 mil

Com acúmulo de reclamações Coelba lança novo aumento no domingo (22)

Vitória derrota Internacional nos pênaltis e se classifica para as oitavas da Copa do Brasil


Alta de combustível deve ter impacto em outros preços

O aumento dos combustíveis deve levar a uma alta de preços em outros segmentos como transportes, alimentação e até mesmo nos serviços, de acordo com economistas. Para eles, a alta determinada para os distribuidores de combustível deverá ser repassada, ainda que parcialmente, ao consumidor. A tendência é que o aumento seja repassado às bombas, chegue ao preço do frete e, com isso, ajude a elevar os preços de produtos que dependem de transporte – como os agrícolas, diz o professor da Escola de Economia da FGV-SP, Samy Dana. Assim, o combustível tem impacto imediato em outros produtos e serviços, diz ele. “Tem o que a gente chama de aumento em cascata. O produto sai do produtor para o distribuidor com frete mais caro; vai de lá para o supermercado mais caro; e vira uma bola de neve. É transferência de custo quase imediata”, afirma. O repasse para produtos e serviços não deve ser integral, no entanto, por conta da concorrência e o ritmo fraco da atividade econômica.

Após semanas de muita expectativa e forte oscilação das ações da Petrobras, a estatal anunciou, ontem à noite, ter aprovado uma política de reajuste de preços para os dois principais combustíveis, além de um aumento imediato para diesel (8%) e gasolina (4%) nas refinarias.

O impacto imediato do reajuste de preços da gasolina na inflação poderá ficar entre 0,08 e 0,10 ponto percentual, calcula o economista André Braz, do Ibre/FGV, se o repasse para o consumidor final ficar em torno de 2% a 2,5%, como calcula a consultoria LCA.

Em Salvador, o preço médio nas bombas, segundo o site da Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANP), era de R$ 2,84, até ontem. Com o aumento de 2,5% (R$ 0,071 por litro), o preço médio nos postos deve passar para R$ 2,91. Ou seja, para encher um tanque de 40 litros, o consumidor gastará R$ 116,44, R$ 2,84 a mais do que gastava antes do aumento.

Anteontem, a expectativa do mercado financeiro em torno do reajuste dos combustíveis levou as ações da estatal a subir 6% na bolsa. Depois reduziram a alta. Os papéis com preferência no recebimento de dividendos (PN) fecharam ontem em alta de 2,47% e os ordinários (ON), a 3,33%.

O método de reajuste gerou embates acalorados entre Petrobras e governo nas últimas semanas. De um lado, a presidente da Petrobras, Graça Foster, e sua diretoria; de outro o ministro da Fazenda e presidente do Conselho de Administração da Petrobras, Guido Mantega, e parte dos conselheiros indicados pela União.

A política geral de preços foi divulgada, mas a metodologia de cálculo, não. A reserva pode frustrar o mercado em um primeiro momento, mas foi uma forma que o governo encontrou para não gerar gatilho automático para o reajuste e evitar, por exemplo, corrida de motoristas a postos de gasolina cada vez que houvesse expectativa de aumento.

O reajuste anunciado também ficou abaixo do esperado pelo mercado, que previa entre 5% e 6% para a gasolina e 10% para o diesel. O CBIE calcula que a defasagem esteja em 15% para a gasolina e 20% para o diesel.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário