ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim

Brumado: Projeto de Lei que prevê empréstimo de R$ 5 milhões volta à pauta do Legislativo

Auditoria vai apurar como 17 municípios baianos fizeram gastos em saúde

Apae de Brumado realizará assembleia geral ordinária para eleição da nova diretoria executiva

BA-148: Motociclista de 37 anos morre após sofrer acidente próximo ao distrito de 'Fazendinha'

Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação em Rio de Contas

PodoClin, Podologia Avançada em Brumado

Brumado: Tempo continua quente na Região Sudoeste e pode chover na quinta-feira (24)

Modelo brumadense realiza sonho de desfilar na São Paulo Fashion Week

Maetinga: Motorista de 36 anos morre em capotamento na BA-263

Lagoa Real: Idoso morre carbonizado após tentar apagar fogo em lavoura


Saiba mais sobre a saída da RedeTV, Record, SBT da TV Paga

As 3 emissores não farão mais parte da grade a partir do próximo dia 29 (Imagem: Reprodução)

Jorge Wilson, o Xerife do Consumidor, entrou na disputa entre as operadoras de TV e emissoras para defender a parte que mais sofre com este impasse, o assinante. “Uma vez que as operadoras de TV oferecem todos os canais abertos, não podem deixar de transmitir de maneira alguma tudo aquilo que foi celebrado no contrato”, afirma Wilson. O especialista explica que o não cumprimento do contrato fere os direitos do consumidor.”Uma vez que as operadoras deixarem de cumprir a obrigação deles de atender conforme previsão contratual, o consumidor pode exigir o cumprimento da lei.”, explica. Segundo Wilson, tal medida descumpre o artigo 35, inciso 1º, do Código de Proteção e Defesa do Consumidor. Wilson instrui o assinante a como ir atrás de seus direitos. “Até um certo valor, qualquer consumidor que se sentir lesado, por qualquer problema ligada à relação de consumo, pode entrar na Justiça gratuita, ele fica livre de pagar os honorários advocatícios.”O Xerife do Consumidor foi além: ele disponibilizará duas petições, uma individual e outra coletiva, para facilitar a vida dos assinantes que se sentirem lesados com a medida adotada pelas operadoras de TV paga. E pontua a diferença de tratamento que recebem a Record TV, o SBT e a Rede TV! em relação a outro canal. “Determinada emissora de TV vem recebendo há anos um valor muito alto por liberar transmissão dentro do canal aberto para determinadas de operadoras de TV a cabo e tem emissoras que não recebem nada. É preciso estabelecer um acordo comercial com as emissoras em benefício dos consumidores.” A partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, SBT e Rede TV! deixarão de exibir suas programações nas operadoras NET, Claro, Embratel, Sky, Vivo e Oi. Como as operadoras não conseguem chegar a uma proposta que remunere de maneira justa as emissoras, os assinantes podem perder grande parte do conteúdo que mais faz sucesso na TV paga.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário