ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Convite: Câmara Municipal de Brumado

Brumado: Babilônia na sinalização de trânsito promovida pelo DNIT vira motivo de piada nas redes sociais

Aracatu: Após um mês da 'Operação Chronos', prefeito continua afastado do cargo; investigações continuam e prisão ainda não foi descartada

'Sem Fôlego': Doze são presos e 68 botijões apreendidos em ação de combate à venda ilegal de gás

Lúcio se diz tranquilo sobre operação da PF: 'não encontrarão nada de errado'

Mega-Sena pode pagar R$ 4 milhões hoje (19)

Brumado: No combate à criminalidade, 34ª CIPM lança o 'Zap Denúncia'

Nas redes sociais, músicos e amigos de `Kley Santos´ prestam homenagens ao brumadense

UFBA abre curso de graduação na UAB de Brumado

Jovem conquistense desaparece após pegar um táxi; família pede ajuda

Brumado: Em novas dependências, SMTT vai em busca de superar severa crise interna; rumores apontam até para a extinção do órgão

Ex-prefeito de Piripá (BA) é condenado novamente por desvio de R$ 186 mil da Educação

Modernidade: Autorizado o pagamento de multas em débito e crédito

Brumado: Identificado o jovem que acabou morrendo em trágico acidente industrial na manhã desta quarta-feira (18)

Tragédia em Brumado: Jovem operário morre após máquina cair em cima de sua cabeça

Medicina do Trabalho na Clínica Master com Dr. Joaquim Donato Júnior

Devassa Puro Malte será a cerveja oficial da Arena Safadão

Bahia: Eternit pode ser condenada a indenizar sociedade em R$ 225 mi por uso de amianto

Filhote de veado é resgatado por médico às margens da BA-148 em Livramento

Dermatologista Dr. Bruno Prado atende no Centro Médico São Gabriel


Cearense cria ferramenta de paquera dentro do Facebook

Ferramenta já conta com 350 mil usuários do Brasil e de outros países. Messenger Match é o primeiro chatbot de paquera do país (Foto: Reprodução)

Com a ideia de facilitar a aproximação de pessoas que buscam um relacionamento, o analista de sistemas cearense Marlos Távora, 31 anos, desenvolveu uma ferramenta de paquera dentro da rede social Facebook, batizada de Messenger Match. Criada há quatro meses, a ferramenta já conta com 350 mil usuários do Brasil e de outros países e possui mais de 1 milhão e 200 mil interações, segundo Marlos. A iniciativa de desenvolver o Messenger Match surgiu a partir de trabalhos anteriores do analista, que é fundador de uma empresa que desenvolve esse tipo de produto. "Já havia feito duas outras aplicações que facilitavam esse tipo de primeiro contato, então resolvi estender essa experiência para os usuários da rede social", afirma.

 

Conforme Marlos, o Messenger Match é o primeiro chatbot de paquera do Brasil. "Os chatbots são programas de computadores projetados para responder às interações humanas por meio de um chat. Eles ficam dentro dos aplicativos de mensagens, portanto, você não precisa baixar novos aplicativos para usar, então não consome a memória do aparelho e também não solicita cadastro", explica. Para Marlos, engana-se quem pensa que a ferramenta só é utilizada por pessoas que têm dificuldade de aproximação ou são tímidas. "Normalmente, os usuários são pessoas que têm facilidade de comunicação durante a paquera, mas querem ter um relacionamento facilitado", diz. Entre os usuário está o estudante Lucas Barbosa de Azevedo, 24, que usou a ferramenta a primeira vez por conta da curiosidade. "Cheguei até a curtir algumas meninas, mas ainda não deu em nada", afirma. Para utilizar a ferramenta o usuário deve abrir o o aplicativo Messenger no smartphone ou computador, digitar "Messenger Match", clicar em "começar" e enviar a localização. Na tela do Messenger, aparecerá a foto de uma pessoa que está na mesma cidade e o nome. Abaixo da foto, dois botões: "Não gostei", quando não tiver interesse naquele usuário e "Gostei", quando se interessar.  A próxima foto só será exibida quando o utilizador decidir sobre a pessoa da foto em questão. Se o usuário marcar uma pessoa com "Gostei" e ela fizer o mesmo, é um Match. A combinação de interesses faz surgir o link do Messenger da pessoa, onde os usuários podem conversar de forma reservada. Já aqueles que am pessoa não gostar, não terá a chance de fazer contato. A ferramenta permite ainda configurações, dentre elas o interesse por homens ou mulheres e mudanças na localização. Além disso, o Messenger Match não usa informações do Facebook e não publica nada no perfil, apenas utiliza dados básicos, como nome e foto, e a qualquer momento o usuário pode configurar para que a foto não seja mais enviada a outras pessoas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário