ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

STF condena Geddel a 14 anos de prisão e pena de Lúcio é de 10 anos

Incêndio é contido após chuvas de terça-feira (22) na Chapada Diamantina

Com crescimento de 685%, Bahia não está na lista de prioridade do Ministério da Saúde contra a dengue

Motorista é flagrado ao transportar embarcação de luxo de forma irregular em caminhão

Malhada de Pedras: Carro pipa é flagrado captando água não potável para abastecer zona rural; prefeitura diz que água não é para consumo humano

Mesmo com pouco volume de chuva, Brumado volta a registrar alagamentos

Homem leva 4 tiros após beijo gay em bar

Aeronaves são enviadas para combater incêndio em Rio de Contas e Livramento

Idoso de 69 anos é agredido durante discussão de trânsito em Vitória da Conquista; veja o vídeo

Brumado: Após ser retirado de pauta por várias vezes, PL 023/2019 é aprovado na Câmara de Vereadores

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim


Atualização Falsa: Novo golpe de Whatsapp atinge 1,5 milhão de vítimas em 3 meses

Layout de atualização falsa de Whatsapp (Reprodução)

Uma mensagem que promete permitir acesso às conversas dos seus amigos no Whatsapp, ou às listas de contatos deles, tornou-se o golpe mais popular contra quem usa o aplicativo no Brasil. Desde dezembro, mais de 1,5 milhão de pessoas já clicaram no link – e perderam dinheiro. O esquema funciona assim: o usuário recebe uma mensagem, como se fosse de um de seus amigos, que diz: “Clique aqui e saiba tudo o que seus amigos estão falando sobre você no Whatsapp”. Quando a pessoa clica, aparece uma mensagem que solicita o acesso à sua lista de contatos – ao autorizar isso, ele não só repassa o link para toda a sua lista de contatos (multiplicando o alcance do golpe) como assina automaticamente um pacote que envia mensagens de texto – os temas do serviço podem ir de novelas a esporte. O desfalque é de 2,40 reais por clique. Ou seja, em tese, os criminosos já lucraram 3,6 milhões de reais. Um levantamento feito pela ESET Brasil, uma empresa de segurança cibernética, revela que esse foi o golpe mais popular pelo Whatsapp, de uma lista de mais de trinta que foram monitorados nos últimos três meses. “Estou para ver algo tão grande quanto este golpe”, afirma Cassius Puodzius, pesquisador da empresa. A companhia orienta quem tiver caído no golpe a ligar para sua operadora de telefonia e pedir o cancelamento do tal serviço de assinatura feito pelo golpe – o que pode limitar o estrago, mas não traz de volta o prejuízo.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário