ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas será paga em agosto

Mãe de Taison é encontrada após sequestro em Pelotas

Política 2018: Rejeição de eleitor encarece campanha nas redes sociais

Brumado: Acontece no próximo sábado (21) a vacinação contra 'Raiva Animal' em Cães e Gatos

Tida como improvável, aliança entre Waldenor e Vitor Bonfim será oficializada nesta quinta-feira (19)

Norte de Minas: Engavetamento com 11 veículos deixa mortos e dezenas de feridos

Caetité: Feto é encontrado por catador dentro de uma caixa em lixão da cidade

Ituaçu: Unidade Móvel da Defensoria Pública atenderá aos moradores nos dias 23 e 24 de julho

Jovem advogado que era tido como desaparecido foi encontrado em UPA de Vitória da Conquista

Brumado: ‘Volte para casa, eu vou lhe aceitar do jeito que você é’, declara pai que procura pelo filho que está desaparecido

Brumado: Área da construção civil é uma das mais afetadas pelo desemprego

Brumado: O dilema dos buracos abertos pela Embasa continua irritando os motoristas

Justiça Eleitoral cassa o mandato de 3 vereadores de Seabra

BA-148: Caminhão carregado com congelados tomba e carga foi liberada para populares

Prefeito da Lapa relata ameaça de morte após fechar prostíbulo: ‘Pegaram faca para me matar’

Cirurgião geral na Clínica Master com Dr. Pedro Thiébaut

Jovem advogado desaparece após tomar ônibus para Vitória da Conquista

Congresso quer aumentar para R$ 38 mil salário de parlamentares

França bate a Croácia e é bi mundial em jogo com VAR, falha de goleiro e gol contra

Foragido da cadeia de Macaúbas é preso em Rio de Contas


Ibitira: Ação de Municipalização do Ensino Fundamental Ciclo II gera protestos e indignação

A Escola Estadual Lia Públio de Castro é muito respeitada pela qualidade do ensino oferecido (Foto: Reprodução Facebook)

A população de Ibitira, Distrito de Rio do Antônio, localizado na região sudoeste do estado, já demonstra uma grande insatisfação após ter ser sido surpreendida com a real possibilidade da municipalização total do Ensino Fundamental Ciclo II. Vale ressaltar que essa modalidade de ensino era partilhada até final do ano passado entre Estado e Município e possuía um ótimo grau de resolutividade. Um grande número de alunos cuja responsabilidade é do Estado frequenta as aulas no Colégio Estadual Lia Públio de Castro, instituição de renome regional que sempre contou com a competência e comprometimento do seu quadro de funcionários. Na avaliação feita por pais e professores, a medida é um retrocesso e pode prejudicar muito a qualidade do ensino oferecido, já que, a instituição supracitada foi contemplada recentemente com a construção de nova sede, com uma estrutura invejável. A decisão teria sido tomada de forma unilateral pelo prefeito José Alves (PDT), o Deca, que estaria trazendo para o âmbito municipal o ônus que pertence ao Estado. A preocupação de pais, alunos e professores já é notória e, com isso, uma mobilização de protesto já está sendo efetiva, pois segundo eles “nesse momento em que os municípios, que são a esfera federativa mais fragilizada financeiramente em decorrência da crise fiscal e do aumento de encargos, toma uma atitude arbitrária como essa, os resultados poderão resultar em dificuldades e ou impossibilidade de atendimento com qualidade para todos”, argumentam. Eles elevam o tom ao declarar que “nos dias atuais, uma ação como essa, sem se consultar a comunidade é realmente muito questionável, pois, a impressão que fica é que a gestão municipal estaria somente preocupada em conquistar novos postos de trabalhos para agraciar seus correligionários políticos”. Em contato com o presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Antônio, André Berkovitz (PEN), ele destacou que “não podemos aceitar uma decisão como essa fora do contexto. Sou totalmente contrário, pois irá prejudicar a qualidade do ensino em Ibitira, então, diante disso, já estamos prestando nosso apoio aos pais, professores e alunos”. O movimento irá buscar um encontro com o prefeito na manhã desta terça-feira (31) para tentar encontrar uma solução consensual para a questão. Caso o prefeito não receba a comissão, um forte manifesto de protesto poderá acontecer em frente à sede da Prefeitura Municipal de Rio do Antônio. Nossa equipe entrou em contato com prepostos da administração municipal para buscar esclarecimentosobre o fato, ficando no aguardo das informações. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário