ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia: Segunda etapa do Mutirão de Cirurgias deve realizar dez mil procedimentos

Brumado: Empresário Gilson Dias declara apoio ao pré-candidato Tiago Amorim

APLB-SINDICATO: 66 anos de uma luz que nunca se apaga

Brumado: Família pede apoio para tratamento de Igor Carvalho que nasceu com 'ossos de cristal'

Junior Brumado é novamente convocado para Seleção Brasileira Sub-20

Após incessantes apelos dos moradores, começa a limpeza do Bairro Irmã Dulce

RotSat: contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Convocatória da APLB de Brumado

Brumado: Esgoto em rua de uma casa só gera questionamentos; SEINF explica

Brumado: Tiro de Guerra realizou atividades em alusão a semana do Exército Brasileiro

Tanhaçu: Homem morre atropelado por retroescavadeira

Brumado: Em tentativa de homicídio adolescente é alvejado no início da tarde desta terça-feira (24)

Coelba: Nota de esclarecimento aos moradores da zona rural de Aracatu

Brumado: Polícia Civil intensifica investigações no intuito de prender os autores do arrombamento em loja de móveis

Vulneráveis: Sites de prefeituras sofrem cada vez mais ataques cibernéticos

SEINF garante que irá resolver problemática de rua arrasada no Bairro Olhos D'água

BA-262: Caminhão com carga de eucalipto pega fogo próximo a Aracatu

Polícia Federal cumpre mandado na Câmara dos Deputados

Viralizou: Vídeo de PM em roda de capoeira durante a Micareta de Feira faz sucesso nas redes sociais

Eletroencefalograma Digital com mapeamento cerebral, no Centro Médico São Gabriel


Arma falha 3 vezes e repórter da Globo escapa da morte; 'Deus me deu o livramento', declarou

Nathália Dielú teve o carro levado por quatro homens armados quando andava no Centro de Recife (Foto: Reprodução)

A repórter Nathália Dielú, da Globo Nordeste, sediada em Recife, passou por um susto na última segunda-feira (9). Ela foi assaltada por quatro homens armados e teve o seu carro e pertences levados. Nas redes sociais, Nathália relatou o caso e contou que andava pelo centro da capital pernambucana quando os criminosos a abordaram de forma violenta. Ela lembra que eles atiraram três vezes, mas que em todas a arma falhou.“Em nenhum momento pedi nada nem reagi, mas ele (um dos assaltantes) quis olhar nos olhos e dizer que tudo ia passar. Eles discutiram entre si, tentaram atirar, mas os olhos daquele garoto jamais vão sair da minha mente”, escreveu. “Tentaram disparar três vezes, mas a arma falhou. Nas três vezes. Deus me guardou, me amparou. Entendi o recado: tenho muito a fazer nessa vida ainda. Estou agradecida, ao mesmo tempo que sinto o corpo arrasado. Mas no fim, tá tudo bem. Tou viva. Viva!”, continuou. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário