ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Municípios do sudoeste baiano debatem a saúde pública na Bahia em Oficina de Gestão

Endureceu: ‘Essa situação dos cães errantes é uma vergonha para Brumado’, dispara Zé Ribeiro

Dois jovens morrem em acidente de moto na BA-156 entre as cidades de Jacaraci e Mortugaba

Controlar como as crianças usam a tecnologia: prevenção ou invasão de privacidade?

Concurso da Polícia Civil da Bahia acontece neste domingo

Sindicato oferece recompensa de R$ 10 mil por informações sobre a morte do delegado Marco Torres

Brumado: ‘Os vereadores do bairro são oposição, mas o povo tem que ser a situação da vez’, protestam moradores da Benjamim Santos

Lia Teixeira comemora assinatura do convênio da FUNASA para inícios das obras do sistema de abastecimento de Cristalândia e região

Brumado: Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes intensifica ações em frente às escolas

Avicii, DJ e produtor sueco, morre aos 28 anos

Vereador Elias Piau faz requerimento verbal ao Executivo solicitando a capina e a limpeza de vários bairros da cidade

Coordenador do Polo da UAB/Brumado participa de 'Encontro do Fórum Nacional de Coordenadores Estaduais' em Gramado (RS)

Brumado: Vacinação contra gripe começa na próxima segunda-feira (23)

Destruída pelas chuvas há cinco meses, motoristas apontam perigo causado por buracos na Av. Lindolfo Brito

Moradores da Rua São Judas Tadeu, no bairro São Jorge pedem com urgência a pavimentação da via

Jacobina: Professora aparece em vídeo gravado por ela mesma ameaçando criança em creche

Brumado: Prefeito, vice e 7 vereadores anunciam apoio à pré-candidatura de Márcio Moreira

Itagibá: Ciganos são detidos com armas, carros, joias e mais de R$ 18 mil

Com acúmulo de reclamações Coelba lança novo aumento no domingo (22)

Vitória derrota Internacional nos pênaltis e se classifica para as oitavas da Copa do Brasil


Brasil: Candidatos receberam doações de campanha de mortos nas Eleições 2016

Foto: Reprodução

De todas as doações de campanha realizadas nas eleições municipais de 2016, mais de R$330 mil foram doados por pessoas que aprensentam irregularidades cadastrais, incluindo informações de óbito, CPF cancelado ou inexistente. Foram contabilizados 238 doadores neste perfil. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou os dados para a Secretaria da Receita Federal do Brasil na última segunda-feira (19). Cerca de 13 candidatos receberam doações de pessoas que se enquadram nesta categoria. Os dez maiores doadores teriam fornecido pelo menos R$ 5 mil cada para a campanha escolhida. Além disso, 133 candidatos receberam doações de pessoas sem capacidade econômica. Os 50 maiores doadores somaram um valor de contribuição a campanhas de R$ 11,8 milhões, enquanto os cinco maiores destes somam R$ 7,4 milhões. Um dos concorrentes recebeu valores de 19 pessoas físicas que não teriam condições, mas doaram o valor de R$1 mil cada. Durante a campanha eleitoral, os candidatos utilizaram o dinheiro da doação para melhorias nas campanhas. Segundo os dados dos TSE e da Receita Federal, 212 fornecedores teriam prestado serviços para um candidato ou vice que possuem ligação. Foram gastos mais de R$ 840 mil nessas condições. O caso com maior valor de despesas acumulou R$ 140 mil. Também houve casos investigados sobre a doação de servidores públicos que não possuem capacidade econômica. O TSE identificou 22 prefeituras que tiveram doações de 50 ou mais funcionários para um mesmo candidato em um município com 60.000 habitantes. Este foi o primeiro ano em que empresas não puderam doar nenhum valor para os candidatos das eleições municipais. Todo o dinheiro recebido pelos concorrentes deveria vir de pessoas físicas que desejassem contribuir com determinada campanha. A decisão visa evitar que grupos econômicos influenciassem na decisão das eleições.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário