ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

É hoje (26): Forró do Bode 2018

Brumado: Greve dos caminhoneiros continua e movimento ganha cada vez mais apoio popular

Governo publica decreto que autoriza uso das Forças Armadas para liberar rodovias

26 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Glaucoma; saiba como se prevenir

PM nega suspensão de patrulhamento na Bahia e define estratégia de segurança

Fligê 2018 amplia programação e participação de jovens

AGU pede que STF declare greve dos caminhoneiros ilegal

Brumado: Agroamigo realiza 'Calendário do Bem 2018'

Brumado: Prefeitura divulga programação dos festejos do aniversário da cidade

Sindicato comunica que não tem mais gasolina nos postos da Bahia

‘Bairro está esquecido com ruas esburacadas, muito mato, sem UBS e sem quadra de esportes’, afirmam moradores do Esmeraldas

Exército escolta caminhão até Reduc na 1ª ação após anúncio de Temer

Pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia usa Tribuna Livre da Câmara para falar sobre projeto Impacto Esperança

'Senado está de plantão para resolver greve', diz Eunício

Presidente do Sindicato dos caminhoneiros na Paraíba diz que Temer acaba de decretar ‘guerra civil’: “O que vier a gente vai enfrentar”

Temer diz que governo acionou 'forças federais' para desbloquear estradas

Brumado: Caminhoneiros defendem ‘Intervenção Militar Já’

Brumado: 5º dia da Greve dos Caminhoneiros confirma união da categoria e repulsa aos sindicatos

Em pronunciamento no Legislativo, vereadora Lia Teixeira externa o seu apoio aos caminhoneiros

Embasa recomenda economia de água durante greve dos caminhoneiros


Algozes psicológicos: medo, inibição e timidez

Foto: Reprodução

Na obra "Amor, imbatível amor", de Joanna de Ângelis - Espírito, psicografada por Divaldo Pereira Franco, percebemos que a nossa trajetória na vida é caracterizada por passagens traduzidas através das incontáveis vivências e experiências que nos permitimos. Esses acontecimentos são valiosos para aprimorarmos o nosso espírito, o qual vem se arrastando ao longo de toda a sua existência com uma única finalidade: progredir - intelectual e moralmente. Assim, não podemos malbaratar esses momentos, buscando extrair o máximo de proveito de todos eles. Algo existe em nosso íntimo que nos impulsiona a avançar, mas que também pode concorrer como verdadeiro empeço para a nossa evolução, considerando os registros em nosso arcabouço psicológico - nossa essência -, oriundos das múltiplas experiências na carne e fora dela. 

Deste modo, foram identificados no medo, na inibição e na timidez atitudes comportamentais marcantes da personalidade que nos prejudicam, sobremaneira, em nossas empreitadas, na nossa forma de agir e atuar na sociedade. Venceremos esses algozes na medida em que os encararmos com determinação e persistência. Constitui atitude impostergável! Deveremos fazê-lo, aos poucos, naturalmente. Sempre buscando, antes, nos prepararmos para as situações que os ensejarão. Tal postura assume caráter relevante para transpormos esses obstáculos que tanto impedem o nosso progresso. Também, a forma com a qual somos educados pelos nossos pais tem interferência em nosso comportamento. Pais excessivamente castradores e dominadores terminam por favorecer a instalação desses algozes. Da mesma forma, eventos de bullying - em casa, na escola e na sociedade -, caracterizados por ataques psicológicos frequentes, afetam o Ser em desenvolvimento, criando verdadeiras barreiras, as quais levarão à instalação de tais algozes. O Universo conspira para nos auxiliar, bastando assumirmos o desafio que se faz premente. Pessoas há que se deixam dominar pelo pavor ante tais desafios, somatizando situações que as levam ao desequilíbrio emocional, o qual abala toda a estrutura fisiológica, impedindo a fluidez e a coerência do pensamento. Nossa mente é dínamo poderoso, a ponto de, aturdida e desequilibrada, afetar o nosso corpo. Por mais difícil que possa parecer, deveremos nos engajar no propósito de superar as nossas dificuldades apresentadas por conta do medo, da inibição e da timidez, como forma de fazermos desabrochar as nossas potencialidades, as quais jazem latentes em nosso imo. (Por: Irlando Lino Magalhães Oliveira, Comandante da 46ª CIPM/Livramento de Nossa Senhora)

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário