ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Sudoeste: Fortes chuvas deixam centenas de famílias desabrigadas

Brumado: Prefeitura realiza em toda a cidade operação de limpeza e retirada de terra e areia das vias públicas

Bahia: Mais de 7 milhões de cigarros contrabandeados são apreendidos pela PRF

Brumado: Polícia realiza ‘Operação Fim de Ano em Paz’; vários mandados são cumpridos

PM´s e Bombeiros do interior passam a contar com serviço da Defensoria Pública do Estado

As delícias para o seu lanche da tarde estão na Padaria Divina

Prefeitura desmente que serviços de limpeza da João Paulo I estão sendo realizados objetivando a passagem do governador

Taisan Auto comemora 30 meses em Brumado com descontos para clientes

Copa do Brasil: Confira os adversários dos times baianos na primeira fase

1 em cada 3 jovens não estudam nem trabalham na Bahia

Papai Noel vai estar na Ultra Forte neste sábado (16)

Equipes fazem a limpeza do trecho que irá passar o governador durante sua visita a Brumado

Esgotamento Sanitário pode ser anunciado durante visita do governador Rui Costa a Brumado

Prefeitura convida população para a inauguração da UTI

Morte repentina da professora Sueli Fogaça, em sala de aula, choca cidade na Bahia

Sucesso: Quartzolar completa 12 anos no mercado; empresa acaba de receber Certificação ISO 9001

Léo Vasconcelos, presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, esclarece problemas ocorridos no plenário em virtude das fortes chuvas

Rio do Antônio: Waldenor e Deca buscam nova adutora, trator, desenvolvimento social e investimentos para a saúde

Moradores do Apertado do Morro 1 e 2 fazem protesto e fecham entrada do bairro

Ituaçu: Trabalhadores da fábrica de cimento voltam a paralisar suas atividades


Algozes psicológicos: medo, inibição e timidez

Foto: Reprodução

Na obra "Amor, imbatível amor", de Joanna de Ângelis - Espírito, psicografada por Divaldo Pereira Franco, percebemos que a nossa trajetória na vida é caracterizada por passagens traduzidas através das incontáveis vivências e experiências que nos permitimos. Esses acontecimentos são valiosos para aprimorarmos o nosso espírito, o qual vem se arrastando ao longo de toda a sua existência com uma única finalidade: progredir - intelectual e moralmente. Assim, não podemos malbaratar esses momentos, buscando extrair o máximo de proveito de todos eles. Algo existe em nosso íntimo que nos impulsiona a avançar, mas que também pode concorrer como verdadeiro empeço para a nossa evolução, considerando os registros em nosso arcabouço psicológico - nossa essência -, oriundos das múltiplas experiências na carne e fora dela. 

Deste modo, foram identificados no medo, na inibição e na timidez atitudes comportamentais marcantes da personalidade que nos prejudicam, sobremaneira, em nossas empreitadas, na nossa forma de agir e atuar na sociedade. Venceremos esses algozes na medida em que os encararmos com determinação e persistência. Constitui atitude impostergável! Deveremos fazê-lo, aos poucos, naturalmente. Sempre buscando, antes, nos prepararmos para as situações que os ensejarão. Tal postura assume caráter relevante para transpormos esses obstáculos que tanto impedem o nosso progresso. Também, a forma com a qual somos educados pelos nossos pais tem interferência em nosso comportamento. Pais excessivamente castradores e dominadores terminam por favorecer a instalação desses algozes. Da mesma forma, eventos de bullying - em casa, na escola e na sociedade -, caracterizados por ataques psicológicos frequentes, afetam o Ser em desenvolvimento, criando verdadeiras barreiras, as quais levarão à instalação de tais algozes. O Universo conspira para nos auxiliar, bastando assumirmos o desafio que se faz premente. Pessoas há que se deixam dominar pelo pavor ante tais desafios, somatizando situações que as levam ao desequilíbrio emocional, o qual abala toda a estrutura fisiológica, impedindo a fluidez e a coerência do pensamento. Nossa mente é dínamo poderoso, a ponto de, aturdida e desequilibrada, afetar o nosso corpo. Por mais difícil que possa parecer, deveremos nos engajar no propósito de superar as nossas dificuldades apresentadas por conta do medo, da inibição e da timidez, como forma de fazermos desabrochar as nossas potencialidades, as quais jazem latentes em nosso imo. (Por: Irlando Lino Magalhães Oliveira, Comandante da 46ª CIPM/Livramento de Nossa Senhora)

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário