ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

STF condena Geddel a 14 anos de prisão e pena de Lúcio é de 10 anos

Incêndio é contido após chuvas de terça-feira (22) na Chapada Diamantina

Com crescimento de 685%, Bahia não está na lista de prioridade do Ministério da Saúde contra a dengue

Motorista é flagrado ao transportar embarcação de luxo de forma irregular em caminhão

Malhada de Pedras: Carro pipa é flagrado captando água não potável para abastecer zona rural; prefeitura diz que água não é para consumo humano

Mesmo com pouco volume de chuva, Brumado volta a registrar alagamentos

Homem leva 4 tiros após beijo gay em bar

Aeronaves são enviadas para combater incêndio em Rio de Contas e Livramento

Idoso de 69 anos é agredido durante discussão de trânsito em Vitória da Conquista; veja o vídeo

Brumado: Após ser retirado de pauta por várias vezes, PL 023/2019 é aprovado na Câmara de Vereadores

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim


Malhada de Pedras: Mesmo com administração avaliada como desastrosa, Ceará tem contas aprovadas com ressalvas pelo TCM

O prefeito Ceará foi multado em cerca de R$ 50 mil pelo TCM por irregularidades em sua gestão (Foto: 97NEWS)

Se a primeira gestão do prefeito Valdeci Alves Bezerra (PT), o Ceará, foi avaliada de forma negativa por parte da opinião pública de Malhada de Pedras. Ele que conseguiu se reeleger, manteve a escrita de que quase toda reeleição é negativa, já que sua administração foi considerada catastrófica, tanto que o conselheiro do TCM, Paolo Marconi, que é muito respeitado por sua conduta ética e imparcial, optou pela rejeição de contas de Ceará, mas, como a decisão foi para o tribunal pleno, as contas acabaram sendo aprovadas com ressalvas por 3 votos a 2. O grande argumento para a reprovação das contas pelo relator foi o fato de que Ceará teria ultrapasso o limite prudencial do percentual de 59,01% da receita líquida com a folha de pagamento, o que fere a LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, mas mesmo assim as contas foram aprovadas. Pesa ainda sobre Ceará o fato de denúncias foram feitos sobre esse excesso na contratação de pessoal por parte de sua gestão, pois isso pode ter contribuído para a vitória da candidata que ele apoiou no último pleito municipal, tanto que o Ministério Público Eleitoral está realizando uma ampla investigação nesse sentido. Por fim, Ceará acabou punido com duas multas, uma no valor de R$ 7 mil, por irregularidades remanescentes e uma outra num valor bem maior de R$ 36 mil, que equivalem a 30% dos seus subsídios anuais, por ele ter descumprido a determinação para redução das despesas com pessoal. Então, diante deste quadro que beira a depressão, Ceará encerra a sua gestão de forma melancólica, praticando deixando a vida pública, já que muitos afirmam que ele não terá mais o apoio da população de Malhada de Pedras que teria caído em si e se conscientizado de sua péssima gestão. Para finalizar outros processos estão em fase de conclusão e ele poderá sofrer ainda novas penalidades, caso as denúncias de irregularidades fiquem comprovadas. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário