ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Mais de 600 famílias deixa de receber o Garantia Safra por falta do NIS

Caixa libera saque do FGTS para 9,1 milhões nesta sexta

Brumado: Polícia apreende mulher por tráfico de drogas no bairro Bom Jesus

Após receber resultado de teste de DNA homem mata cinco pessoas e se mata

Presidente da 21ª Subseção da OAB Brumado vai a Salvador para dialogar com OAB, TJ-BA e TRT

Economia Baiana registra alta de 0,8% no terceiro trimestre

Rio do Antônio: Presidente da Câmara de Vereadores é afastado

Sergio Moro comemora aprovação do pacote anticrime na Câmara

'Gato de energia': Operação prende 35 pessoas e recupera 260 milhões de kilowatts este

Brumado: Moradores cobram da prefeitura recuperação de manancial do bairro Olhos D'água

Mais de 70 famílias ficam desalojadas após forte chuva em Itambé

Bahia registrou novos casos de Aids em 2018; Sesab realiza ações de conscientização

Ultrapassado: Comunidade rural de Brumado recebe orelhão 15 anos após solicitação

Profissionais da Sesoc participam de Seminário de Acolhimento Familiar do MP

Brumado: Cipe Sudoeste apreende mulher por tráfico de drogas no bairro Irmã Dulce

Eleições 2020: Fabrício Abrantes recebe apoio do ex-vereador Romar Pereira em Brumado

Menor acusado de vários arrombamentos é apreendido pela Polícia em Brumado

Brumado: Preço alto da carne já afeta o churrasquinho

Conquista: Dupla é presa transportando mais de 50 Kg de maconha em ônibus de turismo

Desembargadores elegem Lourival Trindade como novo presidente do TJ-BA


Correios lançam edital para se tornar operadora de telefonia móvel no país

Estatal escolherá uma operadora de celular como seu representante. A empresa selecionada oferecerá o serviço com chip da marca Correios. (Foto: Divulgação)

Os Correios abriram concorrência para empresas interessadas no projeto de exploração do serviço de telefonia móvel por meio de rede virtual. A estatal escolherá uma operadora de celular como seu representante. A empresa selecionada oferecerá o serviço com chip da marca Correios. Após a abertura das propostas, que devem ser apresentadas até o dia 17 de março, todas as empresas poderão fazer novos lances. Os Correios avaliarão as propostas considerando o somatório do maior valor de remuneração dos chips pré-pagos e do maior percentual de comissão pela venda de recargas realizadas. O valor mínimo previsto para a operação pretendida é de R$ 282 milhões, para um período de cinco anos. Nessa operação, os Correios usarão a infraestrutura de telecomunicações da operadora selecionada. Para concorrer, a operadora deve estar presente em pelo menos 50% dos municípios brasileiros.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário