ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Sergio Moro comemora aprovação do pacote anticrime na Câmara

'Gato de energia': Operação prende 35 pessoas e recupera 260 milhões de kilowatts este

Brumado: Moradores cobram da prefeitura recuperação de manancial do bairro Olhos D'água

Mais de 70 famílias ficam desalojadas após forte chuva em Itambé

Bahia registrou novos casos de Aids em 2018; Sesab realiza ações de conscientização

Ultrapassado: Comunidade rural de Brumado recebe orelhão 15 anos após solicitação

Profissionais da Sesoc participam de Seminário de Acolhimento Familiar do MP

Brumado: Cipe Sudoeste apreende mulher por tráfico de drogas no bairro Irmã Dulce

Eleições 2020: Fabrício Abrantes recebe apoio do ex-vereador Romar Pereira em Brumado

Menor acusado de vários arrombamentos é apreendido pela Polícia em Brumado

Brumado: Preço alto da carne já afeta o churrasquinho

Conquista: Dupla é presa transportando mais de 50 Kg de maconha em ônibus de turismo

Desembargadores elegem Lourival Trindade como novo presidente do TJ-BA

Brumado: Loja Maçônica Manoel Carvalho promoverá primeiro 'Costelão Maçônico'

Brumado: O perigo dos smartphones para os olhos das crianças; oftalmologista faz alerta

Brumado: Estudante brumadense recebe nesta quarta (4) prêmio do Concurso Agenda 2020

Jequié: Polícia Civil descobre abatedouro de clandestino de cavalos; carne era vendida na região como bovina

'Operação Assepticus': PF cumpre mandados contra acusados de fraude em bancos

Brumado: Após parecer favorável do MPE sobre sua cassação, prefeito afirma que está confiante na Justiça

ONU e UNFPA fazem apelo pelo fim da violência contra a mulher


Avião com Dilma perde sustentação e cai cerca de 100 metros, diz colunista

A presidente Dilma Rousseff (PT) e sua equipe levaram um susto quando voltavam essa semana de uma viagem ao Equador. Na divisa entre Amazonas e o Acre, o avião presidencial perdeu sustentação e sofreu uma queda de cem metros de altura. Houve pessoas sem cinto que bateram com a cabeça no teto.Segundo o colunista Cláudio Humberto, do site Diário do Poder, o assessor para assuntos internacionais, Marco AurélioGarcia, ficou coberto do vinho que degustava na hora do incidente. Procurada, a Presidência se recusou a comentar.O Grupo de Transportes Especiais da Força Aérea Brasileira, que cuida dos aviões que servem às autoridades, também não comentou o caso. A Força Aérea passou a bola para a Presidência da República. O Ministério da Defesa também não quis explicar o que aconteceu.O luxuoso jato Airbus A319 de Dilma, comprado por Lula por R$ 156 milhões, é considerado um dos mais seguros do mercado da aviação. (Informações do Bocão News)



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário