ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Diagnosticada com fibromialgia, vendedora de cachorro-quente luta para pagar tratamento

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Covardia: Idosa de 80 anos tem maxilar quebrado durante assalto na zona rural de Brumado

PRF prende passageira que transportava 25kg de maconha em ônibus no município de Vitória da Conquista

PodoClin: Saiba como tratar

Bahia: Estudantes usam borra de café e criam produtos que repelem Aedes aegypti

Homem morre esfaqueado após sair de festa em Caetité

Endocrinopediatria é na Clínica Master

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brumado: PM apreende menor que invadiu mercearia, furtou celular e dinheiro no Irmã Dulce

Eleições 2020: 77 partidos estão em fase de criação no Brasil

Brumado: Município está entre as cidades da Bahia com maior índice de infestação do aedes aegypti

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales


Brumado: Curto circuito na rede de energia apavora pedestres e comerciantes da Tibério Meira

Os pedestres foram obrigados a se arriscarem passar pela rua até que a equipe da Coelba chegasse (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Os questionamentos envolvendo a segurança da rede de energia no centro da cidade de Brumado voltaram a aumentar na tarde desta segunda-feira, dia 31, devido a um incidente ocorrido na Rua Coronel Tibério Meira, onde um curto circuito atingiu os fios da rede elétrica, que acabaram se rompendo, provocando muita fumaça e faíscas bem no momento que vários pedestres passavam. O repórter Marcos Paulo do 97NEWS foi imediatamente ao local e ouviu a vendedora Jéssica Almeida que relatou que “foi um susto muito grande” e, balbuciando emendou dizendo que “poderia ter acontecido uma tragédia, já que o curto circuito foi de grandes proporções e passava muito gente na hora, inclusive nos vendedoras nos assustamos muito, pois estávamos na frente da loja”. A Polícia Militar chegou logo ao local e isolou a área, mas, segundo a própria vendedora, as equipes da Coelba, empresa responsável pela rede, demoraram a chegar para resolver o problema. Este foi mais um acidente envolvendo a rede na região central da cidade, o que deixa os pedestres e comerciantes preocupados, pois o risco de um acidente grave é possível. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário