ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Simões Filho: Gato de energia em fábrica de colchões causou prejuízo de R$ 130 mil

Poções: Polícia busca outros integrantes de quadrilha que tentou sacar R$ 68 mi em banco

Edição 2018 da Campanha Azul Marinho da GCM de Brumado, faz a distribuição de cerca de 2 mil brinquedos para crianças carentes

Inflamado: ‘Vamos limpar o Brasil dessa quadrilha’ dispara vereador David Salomão

Veículos estão sendo removidos da sede da 20ª Coorpin para as cidades que originaram as ocorrências

Baiano ganhador dos R$ 2,5 milhões da Mega-Sena se apresenta para fazer retirada de prêmio

Sudoeste: Vaqueiro é suspeito de se passar por policial para raptar e estuprar mulheres na saída de shows

Polícia Federal vai investigar envio de mensagens em massa no WhatsApp

Brumado: Moradores do Bairro Malhada Branca cobram construção de rede de drenagem na rua Princesa Isabel

Presos são transferidos na manhã de hoje (19) de Brumado para unidades prisionais de Vitória da Conquista

Lançado há 5 anos, Projeto de Incentivo à Leitura já apresenta evoluções em Brumado

Pelo menos 73% dos brasileiros estão insatisfeitos com a democracia no país

Prefeito de Brumado intensifica postagens nas redes sociais contra o socialismo e dá pistas que seu voto será em Bolsonaro

Brumado: Empresa inicia estudo técnico para implantação de controladores de velocidade nas principais vias da cidade

Paramirim: empresário morre em colisão entre picape e ônibus da Novo Horizonte

Insegurança: Brasileiro é o 2º no mundo com mais medo de andar sozinho na rua à noite, aponta estudo

De quem é a culpa? Motorista derruba poste que estava no meio da rua e deixa moradores sem energia na Vila Presidente Vargas

Notáveis: Projeto de Irrigação por Capilaridade levará alunas do IFBA de Brumado a representar a Bahia no Robótica 2018

Brumado: Acontece neste sábado (20) a Seresta Vip com Canindé, Evandro Correia e Ed Rossi

Ituaçu: Líder de bando especializado em assaltar farmácias é preso com ajuda de sistema de monitoramento eletrônico


Impactante: Relato de uma Delegada de Polícia

(Imagem Ilustrativa)

"Há dois anos e sete meses sou delegada de polícia. Embora eu tenha passado no concurso na condição de concurseira e não propriamente na de vocacionada, aprendi muito na polícia civil e com a polícia civil. Aprendi a dar maior valor à vida, porque vi que ela é frágil demais. Aprendi a dar valor ao sono, porque ele é artigo de luxo para um policial. Aprendi a enfrentar situações de risco com mais naturalidade, porque se trabalha com o risco todo dia. Aprendi que garantista mesmo não é aquele que infla falando do assunto, de pantufa, com uma doutrina na mão, e sim aquele que confere as garantias ao preso numa delegacia, há 48h sem dormir, trabalhando em condições precárias, com fome, com sono e diante de um bêbado gritando e ofendendo até a sua quinta geração. Aprendi que há profissões em que a gente acaba pagando para trabalhar, porque os recursos matérias e humanos são parcos e a gente quer muito que aquilo dê certo, que fique bom. Aprendi que servir e proteger não é só um juramento. É um modo de vida. Aprendi a me abnegar, a esgotar as minhas forças e continuar de pé, a enfrentar meus medos e a deixar, muitas vezes, a família e os amigos de lado (é a pior parte) para bem cumprir a minha missão. Os únicos a abrir as portas para as vítimas nas madrugadas frias. Aqueles que são os primeiros a tomar conhecimento do crime e a tomar as primeiras (e mais sacrificantes) providências (ouvir os familiares do morto logo depois do homicídio, comparecer no local do crime, na vila, de madrugada, na chuva, para isolar o local e colher os primeiros elementos de prova...). Aqueles que volta e meia têm que se confrontar com marginais. Generalizar e jogar lama na honra, na coragem e no mérito dos policiais não vai fazer da polícia uma instituição melhor. Apoie o policial. A esmagadora maioria arrisca a vida por você!"



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário