ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Carnaval 2020: Latinhas de cerveja podem conter até 45 mil bactérias e 9 mil fungos

Chapada Diamantina: Rio de Contas se prepara para o Carnaval 2020

Lúpus – doença autoimune que afeta mais comumente as mulheres

Voluntários animam rotina no Hospital Público de Brumado

Crea realizará ação especial de fiscalização no mês de março em Brumado e Região

Brumado: Obra da prefeitura quebra tubulação de água da Embasa e moradores do Apertado do Morro estão há vários dias sem abastecimento

Conquista: Familiares acompanham drama de jornalista baleada na França

Brumado: Polícia Civil está de olho em lojas de assistência técnica para celulares

Brumado: Professores da rede estadual paralisam atividades hoje (18) e só voltam depois do carnaval

Brumado: Em menos de três horas, dois acidentes são registrados na Avenida Lindolpho Azevedo em noite de cavalgada

Com aulas gratuitas de marcenaria e pintura, ONG ensina arte à crianças e idosos de Brumado

APDEMB lança edital de convocação da Eleição para escolha da nova diretoria em Brumado

Brumado: Moradores pedem sinalização em cruzamento perigoso no bairro São José

Ituaçuense de apenas 9 naos passa de fase no The Voice Kids e emociona jurados ao cantar 'Folha Seca' de Amado Batista

BA-263: Quatro morrem e 10 pessoas ficam feridas em acidente com van e ônibus entre Belo Campo e Vitória da Conquista

PodoClin: Dicas para pular o carnaval com unhas e pés bem cuidados

Pré-candidato a prefeito de Brumado, Fabrício Abrantes lança plano de governo


Brumado: SindCargas faz grave denúncia contra grande empresa do ramo de transportes

O motorista procurou o SindCargas para buscar uma solução para a situação que ele classificou como muito grave (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

O 97NEWS teve acesso a uma situação grave, que foi apresentada pelo SindCargas - Sindicato dos Trabalhadores em Transportes de Cargas do Estado da Bahia, que relata a situação de um motorista de 54 anos, com mais de 30 anos de profissão, que há cerca de 4 meses veio para trabalhar numa grande empresa de transportes que tem a sua sede em Brumado, mas que, não resistindo a situação de exploração, acabou procurando o sindicato para buscar as autoridades competentes para que a justiça possa ser feita. O motorista foi ouvido e o relato é chocante, pois, segundo ele a empresa chega às raias da prática da escravidão, cobrando até a carga que cai do caminhão nas viagens. “É um absurdo sem tamanho, pois até a soja que cai da granulatória é cobrada de nós motoristas. Eu já cheguei a passar 5 dias sem comer, porque eles prometem que vão fazer o depósito das nossas diárias, mas não fazem, então vamos para a estrada sem dinheiro” relatou o motorista que ainda destacou que “vamos supor que uma viagem saia R$ 5 mil, se o pneu furar é descontado, se houver uma quebra mecânica também é cobrado; quer dizer a gente, muitas vezes, acaba pagando para trabalhar. Isso acontece com todos os motoristas dessa empresa, só que eles têm medo de denunciar porque recebem muita pressão, mas eu não suportei mais, pois estou passando grandes dificuldades e quero os meus direitos sejam respeitados. Estou passando grandes privações”. Ele ainda disse que “os motoristas quando vão viajar tem vergonha de citar que trabalham nesta empresa brumadense, que já está ganhando uma má fama nacional, pois a situação de descaso e de afronta aos direitos trabalhistas de seus empregados já é muito conhecida no ramo”. Questionado sobre quais serão as atitudes tomadas, o motorista, juntamente com os membros do SindCargas afirmaram que “vamos buscar os órgãos competentes, Ministério Público, Justiça do Trabalho e Ministério do Trabalho para apresentar as denúncias documentadas no objetivo de que a justiça seja feita, pois já são várias denúncias graves que estão chegando até nós de funcionários desta empresa que ao invés de dar bom exemplo, vem cometendo esse verdadeiro descalabro com seus funcionários, o que pode ser classificado até como um regime de quase escravidão, porque são feitas ameaças e hostilidades para que não haja as denúncias, mas essa situação revoltante que dura mais de dez anos, agora, vai acabar, porque vamos lutar com todas as nossas forças nesse sentido”. 



Comentários

  • Jose Carlos Santos

    "Nn entendo!!!! Porque nn diz o nome dessa Transportadora, é medo???"

Deixe seu comentário