ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Contendas do Sincorá: Policiais civis da 20ª Coorpin prendem falsa médica que atuava de forma ilegal na Região Sudoeste

Brumado: Idoso morre ao ser atropelado por moto no bairro São Jorge

Brumado: Golpistas usam nome de mulher que teve casa incendiada no Brisa 1 para pedir no comércio

CICOM de Brumado auxilia no resgate com casal de turistas perdidos em trilha da Chapada Diamantina

Brumado: 'Nem abaixo assinado resolveu', dizem moradores do Apertado do Morro cobrando melhorias para o bairro

Brumado: Prefeitura concede alvará para início das obras da faculdade de medicina

TSE aprova normas para Eleições Municipais em 2020

Brumado: Bandido se passa por paciente, fica em fila e tenta roubar idoso

Clínica Master realizou workshop: ‘Saúde Ocupacional e o Faturamento de Sua Empresa’

Brumado: Em busca do selo Unicef, audiência pública debate o papel de meninas e mulheres como líderes

Adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 7 anos em banheiro de escola em Vitória da Conquista

Grupo discutirá extinção do Nasf na Câmara de Vereadores

Barragens de Rio de Contas e Paramirim estão com estruturas comprometidas, aponta ANA

Brumado: Moradores da comunidade do Jatobá apontam abate clandestino de suínos e caprinos


Tio de ídolo do Paraguai morre de infarto ao festejar gol de classificação do sobrinho

Tio de González, o camisa 10 da seleção do Paraguai, não resistiu à emoção e teve um infarto após gol de classificação (Foto: AFP)

A vitória teve um sabor amargo para o herói da classificação do Paraguai, que venceu o Brasil nos pênaltis e se classificou para a semifinal da Copa América na noite do sábado (27). O tio de Derlis González, autor do gol de classificação da seleção paraguaia, morreu durante a comemoração da vitória.Manuel Irrazábal, de 44 anos, não resistiu à emoção e sofreu um infarto depois que o sobrinho, o camisa 10 da seleção, marcou o gol decisivo da partida. No Twitter, o jogador lamentou a tragédia. "Tio, por que hoje? Você me deixou por um infarto, tio, por eu lhe dar uma alegria e que se vá com tanta felicidade. Não posso acreditar", escreveu González. A notícia da morte do tio dele esfriou a festa de comemoração no vestiário da equipe.  A partida foi disputada de forma ferrenha, e encerrou com o placar empatado por 1 a 1 no tempo normal. O Brasil fez até um bom primeiro tempo contra o Paraguai, na gelada noite de sábado, em Concepción, pelas quartas de final do torneio sul-americano. Porém, se afundou no segundo tempo. O 1 a 1 do placar, gols de Robinho e González, levou a disputa da vaga para a semifinal para os pênaltis. E o que aconteceu? Éverton Ribeiro e Douglas Costa desperdiçam suas cobranças e, como na edição 2011, os paraguaios eliminaram (4 a 3) a Seleção. A torcida rival comemorou com gritos de "Ih, fuera, Ih fuera"!



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário