ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mesmo com pouco volume de chuva, Brumado volta a registrar alagamentos

Homem leva 4 tiros após beijo gay em bar

Aeronaves são enviadas para combater incêndio em Rio de Contas e Livramento

Idoso de 69 anos é agredido durante discussão de trânsito em Vitória da Conquista; veja o vídeo

Brumado: Após ser retirado de pauta por várias vezes, PL 023/2019 é aprovado na Câmara de Vereadores

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim

Brumado: Projeto de Lei que prevê empréstimo de R$ 5 milhões volta à pauta do Legislativo

Auditoria vai apurar como 17 municípios baianos fizeram gastos em saúde

Apae de Brumado realizará assembleia geral ordinária para eleição da nova diretoria executiva

BA-148: Motociclista de 37 anos morre após sofrer acidente próximo ao distrito de 'Fazendinha'

Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação em Rio de Contas


Taxistas da área da Cesta do Povo na bronca: 'Estamos sendo muito injustiçados'

Segundo os taxistas está havendo uma deslealdade na disputa pelos clientes, pois os mototaxistas estariam invadindo do espaço exclusivo dos táxis (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Em depoimento à reportagem do 97NEWS, os taxistas que fazem ponto na Cesta do Povo dizem que a disputa por um cliente se tornou desigual entre eles e os motoxistas. Indignados eles expressaram que “é um absurdo uma coisa dessa, pois, nós taxistas, temos que pagar todos os impostos, ter o carro devidamente adesivado, enquanto os mototaxistas continuam na ilegalidade”. A bronca realmente é geral, pois, segundo eles “os clientes são conquistados pelo preço mais barato e a promessa de chegar mais rápido ao destino”. Na argumentação apresentada eles questionam que “agora fica uma pergunta, caso um passageiro da mototaxi sofra um acidente, quem é que vai pagar? Alguém pode nos responder?”. A queda de braços deve ficar ainda maior, porque, segundo os taxistas, está havendo um enfrentamento por parte dos mototaxistas, já que eles estariam invadindo o espaço exclusivo para os táxis na busca de clientes. A questão será levada para o SMTT pelos taxistas na esperança de ver o problema resolvido.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário