ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Pré-candidato a prefeito Alessandro Lobo é condenado a 8 anos de inelegibilidade por abuso de poder econômico

Brumado: Câmara aprova requerimento 05/2020 que prevê a devolução de quase R$ 800 mil ao Executivo

Brumado: Enfermeira da UTI testa positivo para Covid-19

Funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia testam positivo para Covid-1

Brumado: 'Cuidem de nossas famílias' cobra diretor da CDL ao destacar relaxamento da população no combate a Covid-19

Mortes por Covid-19 no Brasil dobram em 16 dias, chegando a 30 mil

Brumado: Número de casos da dengue chega a 294; 13 possuem sintomas grave da doença

Otorrino da Clínica Mais Vida chama a atenção para a essencial importância do uso da máscara

Brumado: Mulher de 40 anos que estava internada na Central de Atendimento a Covid-19 não resiste e vem a óbito

Servidores da Secretaria de Saúde de Brumado são monitorados após apresentarem sintomas de Covid-19, diz Sesau

Decreto que suspende aulas e eventos na Bahia é prorrogado até 21 de junho

Brumado: Fabrício Abrantes e Move Mulher querem retorno dos seis meses Licença Maternidade e a inclusão das mães adotivas

Brumado: Policial Militar testa positivo para Covid-19 e 34ª CIPM será monitorada

Brumado tem 22 casos ativo de Covid-19, o novo coronavírus

Bahia tem 18.898 casos confirmados de Covid-19

Fiscalização da ANTT para coibir transporte clandestino já apreendeu 7 veículos em Brumado, Jequié e Vitória da Conquista

Urandi confirma 2ª morte por novo coronavírus em menos de 24h

Cantora livramentense morre aos 44 anos após AVC

Em menos de 24 horas Brumado registra 6 novos casos ativo do Covid-19 e número chega a 37

Brumado registra mais quatro casos de Covid-19, o novo Coronavírus; agora são 35 confirmados


Taxistas da área da Cesta do Povo na bronca: 'Estamos sendo muito injustiçados'

Segundo os taxistas está havendo uma deslealdade na disputa pelos clientes, pois os mototaxistas estariam invadindo do espaço exclusivo dos táxis (Foto: Marcos Paulo / 97NEWS)

Em depoimento à reportagem do 97NEWS, os taxistas que fazem ponto na Cesta do Povo dizem que a disputa por um cliente se tornou desigual entre eles e os motoxistas. Indignados eles expressaram que “é um absurdo uma coisa dessa, pois, nós taxistas, temos que pagar todos os impostos, ter o carro devidamente adesivado, enquanto os mototaxistas continuam na ilegalidade”. A bronca realmente é geral, pois, segundo eles “os clientes são conquistados pelo preço mais barato e a promessa de chegar mais rápido ao destino”. Na argumentação apresentada eles questionam que “agora fica uma pergunta, caso um passageiro da mototaxi sofra um acidente, quem é que vai pagar? Alguém pode nos responder?”. A queda de braços deve ficar ainda maior, porque, segundo os taxistas, está havendo um enfrentamento por parte dos mototaxistas, já que eles estariam invadindo o espaço exclusivo para os táxis na busca de clientes. A questão será levada para o SMTT pelos taxistas na esperança de ver o problema resolvido.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário