ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Área da construção civil é uma das mais afetadas pelo desemprego

Brumado: O dilema dos buracos abertos pela Embasa continua irritando os motoristas

Justiça Eleitoral cassa o mandato de 3 vereadores de Seabra

BA-148: Caminhão carregado com congelados tomba e carga foi liberada para populares

Prefeito da Lapa relata ameaça de morte após fechar prostíbulo: ‘Pegaram faca para me matar’

Cirurgião geral na Clínica Master com Dr. Pedro Thiébaut

Jovem advogado desaparece após tomar ônibus para Vitória da Conquista

Congresso quer aumentar para R$ 38 mil salário de parlamentares

França bate a Croácia e é bi mundial em jogo com VAR, falha de goleiro e gol contra

Foragido da cadeia de Macaúbas é preso em Rio de Contas

Livramento: OAB-BA realiza desagravo a advogado agredido por PMs

Governo entrega ampliação e reforma de escolas em Caetité e Caculé

SUS tem quase R$ 2 bilhões a receber das operadoras de planos de saúde

Luto: Morre Ramon de Souza Moreira empreiteiro da prefeitura de Brumado

Prefeitura de Malhada de Pedras comemora 56 de emancipação Política

‘Ainda não existe punição para os agressores de crianças e adolescentes’, afirma coordenadora do CREAS

Mãe queima as mãos do filho de 8 anos por ele ter gasto R$ 5 reais sem autorização

Marília Mendonça posta foto 20 kg mais magra e deixa fãs encantados

Alegria e Solidariedade: É hoje (14) o Forró da AUAU

Conquista: Pais conseguem na Justiça determinação para que filha de 3 anos com tumor no cérebro seja transferida para fazer cirurgia


Mais um: Professor morre ao se jogar de prédio em Itabuna

(Foto: Divulgação)

Um professor acabou morrendo após se jogar do quarto andar do prédio em que morava, na Rua 25 de Dezembro, no bairro São Caetano, em Itabuna. O fato aconteceu na noite de domingo(29) e chocou testemunhas. Josenildo Brandão tinha 39 anos de idade. Segundo vizinhos, ele lecionava matemática no colégio Ciomf (Centro Integrado Oscar Marinho Falcão). Josenildo ainda foi socorrido com vida e encaminhado para o hospital de Base, com diversas fraturas pelo corpo, incluindo coluna, fêmur e costelas. Os médicos ainda tentaram reanimar o educador, mas sem sucesso. O professor não resistiu aos ferimentos, morrendo pouco tempo depois. A motivação do suicídio ainda é desconhecida.*Informações do Verdinho Itabuna.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário