ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Bahia acumula prejuízo de R$ 8,3 bilhões por conta da seca

Diocese de Caetité promoverá seminário com a temática 'Fake News e Jornalismo da Paz'

Bandidos levam 15 cabeças de gado nelore de fazenda na divisa entre Brumado e Aracatu

Brumado: Associação de Moradores do Bairro São José realiza festa em alusão ao Dia das Crianças

Sala do Empreendedor de Brumado será modelo para a implantação na cidade de Dom Basílio

Mesmo com derrota, Brumado se classifica para as oitavas de final do Intermunicipal 2018

Portaria redefine sessões do legislativo brumadense devido a feriados de novembro

Brumado: mulher é presa com substância análoga à cocaína em residência no Bairro Baraúnas

Colisão entre moto e ônibus causa a morte de jovem motociclista em Paramirim

Presidente do Legislativo de Brumado comemora as grandes conquistas para Samambaia e região

Fim da reeleição e união do pleito pode fazer com que mandatos de prefeitos e vereadores sejam prolongados até 2022

Homem natural de Caetité ganha R$ 500 mil na Tele Sena

Cão farejador ‘Zeus’ é o novo símbolo do combate ao tráfico em Brumado e região; em nova ação 2kg de substâncias possivelmente entorpecentes foram apreendidos

Brumado: Homem tenta agredir companheira, mas acaba levando uma facada; caso ocorreu no centro da cidade

Brumado: Previsão aponta semana com sol e algumas nuvens; não chove

Sistema de monitoramento impede arrombamento de residência no Bairro Monsenhor Fagundes

Quando devo procurar um Endocrinologista Pediatra?

Brumado: Polícia apreende homem por tráfico de drogas no bairro São Felix

Conquista: Três são presos em aeronave usada no transporte de drogas; pistola e R$ 7 mil são achados

Rui Costa critica fala do filho de Bolsonaro sobre STF: 'desqualificado'


Ciúme Assassino III: Homem decapita a namorada grávida e leva cabeça em delegacia de SP

(Foto: Reprodução)

Um homem de 23 anos matou e decapitou a namorada grávida e ainda levou a cabeça para a delegia onde se entregou. O crime aconteceu na semana passada, no bairro de Pedreira, zona sul de São Paulo, mas José Ramos dos Santos só se apresentou na delegacia da Liberdade, na região central, no sábado (28). De acordo com informações da SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), Santos matou e decapitou a namorada Shirley Souza, de 16 anos, por que ela confessou que o traia. Eles estavam juntos há cerca de um ano. Ele, que era usuário de droga, disse que já desconfiava da traição desde o final do ano passado. Mas a confirmação só veio no dia do crime, segundo depoimento. Santos contou que quando a namorada acreditava que ele estava sob efeito de droga, falava sobre relacionamentos que mantinha com outros homens. A desconfiança, porém, ficou maior quando a adolescente engravidou. Ele contou que verificou o histórico médico da vítima, na carteirinha do posto, e notou que a última menstrução aconteceu em agosto, periodo em que estavam separados. Na última quinta-feira, ele que mora com um irmão em uma casa na rua Manuel Rodrigues Mexelhão, esperou o outro ir trabalhar e convidou Shirley para um encontro na casa. Após manterem relações sexuais, eles conversaram sobre traições e ela teria confessado que o traiu com um amigo do casal nas vésperas do Natal e Ano Novo. Ele então aplicou uma gravata na adolescente, que caiu desacordada. Ele foi tomar banho e, ao retornar, verificou que a adolescente estava morta. Ainda de acordo com depoimente de Santos à polícia, ele foi até a cozinha, pegou uma faca, cortou o pescoço e arrancou a cabeça antes de enrolá-la em um saco plástico para posteriormente guardá-la em um mochila. O corpo nu foi amarrado nos pés e troncos com sacos plásticos e enrolado em um edredon. Santos ainda o escondeu atrás do botijão de gás. Para o irmão não desconfiar, ele limpou a casa, jogou a roupa que usou para cometer o crime no lixo. A faca usada na decaptção foi levada e guardada dentro da gaveta de talheres. Dois dias se passaram até que o irmão começasse a sentir mal cheiro pela casa. Ele disse que jogou o corpo na viela Tico-Tico, próxima à casa onde morava. Os vizinhos acharam o corpo e chamaram a polícia. Ele pegou a mochila onde estava a cabeça e foi de ônibus até ao 1º DP, na região central, onde se entregou e mostrou a cabeça para os policiais. Ele foi indiciado por homicídio qualificado e está preso temporariamente.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário