ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Prefeitura convoca auxiliares administrativos e de serviços gerais para suporte no atendimento ao coronavírus

Coronavírus: Sobe para 114 mortes e 3.904 casos confirmados no Brasil, revela Ministério

Guanambi: Em novo decreto, prefeitura permite abertura de vários estabelecimentos comerciais

Clínica Mais Vida estará realizando atendimentos de urgência e emergência

Número de casos 'suspeitos' de coronavírus em Brumado continua subindo

Brumado: Empresários pedem reabertura do comércio em petição on-line

Brumado: Gestante internada na UTI do Hospital PMN testa negativo para Covid-19 e H1N1, diz secretário

Quarentena X Isolamento social: entenda a diferença

Entidades se unem e pedem que população 'fique em casa respeitando recomendações'

Covid-19: Para cortar custos, empresas de Brumado pretendem reduzir quadro de funcionários nos próximos 90 dias

Covid-19: Maior parte de infectados na Bahia tem entre 30 a 39 anos; mulheres estão entre a maioria

Médico que prometia 'soro potente' para evitar coronavírus é interditado pelo Cremeb

Bahia: Mais de 800 presos são soltos por causa do coronavírus

Coronavírus: Estudo aponta que sem isolamento, Brasil pode ter até 1 milhão de mortes com a Covid-19

Brumado: Sobe para 147 casos suspeitos da Covid-19 no município

18ª Ciretran tem atendimento presencial suspenso em Brumado

Embasa suspende corte do fornecimento de água nos casos de falta de pagamento

Covid-19: Prefeito e secretário de saúde de Brumado participam de videoconferência com Rui Costa

Programa de Datena sai do ar enquanto falava sobre efeitos da Cloroquina no combate ao coronavírus

Produtores de cachaça vão doar 70 mil de litros de álcool ao SUS


Brumado: 'Zitim do Bahia', um mito no futebol brumadense

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Nascido em 1933 na cidade de Milagres, no Vale do Jequiriçá, Zezito Brito, o "Zitim do Bahia" com 86 anos acumula muita história no futebol de Brumado. A reportagem do 97NEWS esteve na casa do brumadense de coração e ouviu as histórias do Zitim, que foi um dos fundadores do time amador mais querido do bairro Dr. Juracy, o Bahia. Defensor ferrenho da modalidade esportiva, Zezito conta que assim que chegou na Capital do Minério resolveu junto com outros colegas montar um time, isso no fim da década de 70 para 80. "Esse time foi criado pelo finado Firmino e os filhos, por mim e minha mulher. Ai nasceu o Bahia, que foi tomando conta e se espalhando pela cidade, onde todos tinha respeito pelo Bahia", conta Brito. Também apaixonada pelo futebol, a esposa de Zezito, a dona Matilde Oliveira relata que o Bahia tinha uma energia contagiante quando chegava para jogar. "Era tanta torcida. Lembro de uma época que teve um jogo aqui no bairro e o time inteiro com a torcida saiu da minha casa em fila e foi para o campo, foi muito lindo", relembra Matilde. Para Zitim, o Bahia é um time de muitas glórias e alegrias, o que segundo ele, contribuiu muito para o futebol brumadense. "Em qualquer lugar desse sertão baiano, o nome de Brumado é lembrado por conta do Bahia", declarou. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Com uma galeria de troféus na sala de casa, Zezito lembra de cada um deles, sua história, cidade e momentos inesquecíveis que não saem da memória. "Nós temos aqui troféu de Rio de Contas, Dom Basílio, Brumado e outras cidades que o Bahia passou e venceu campeonatos por ai a fora. Tem muita história meu filho", lembra o treinador do Bahia. Sobre o futebol atual, Zitim como não tem "papas na língua", declarou. "O futebol de hoje acabou, a meninada hoje não quer nada não, muitos são mercenários jogam por dinheiro, não tem amor pelo futebol", afirmou. Sem atuar por vários anos, a novidade é que o Bahia poderá voltar à campo nos próximos anos, mas segundo seu Zezito, ele ainda estuda a proposta feita por um amigo dele. "Estão querendo voltar com o Bahia, mas estamos avaliando. O Bahia tem história, e eu não quero voltar só por voltar, tem que ser um time de coração", disse o desportista. Ainda sobre o amor ao clube, Zitim conta que sente saudades da época que o time jogava pela camisa, pela cidade de Brumado em jogos fora da cidade. "O Bahia está no meu sangue, na minha vida[...] me emociono quando revejo as fotos os troféus, quando alguns torcedores contam do Bahia de antigamente", se emociona Zitim, que ainda guarda uniformes, bolas e chuteiras do time. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS


Comentários

  • Alex Sander

    "Bom dia a todos! Deixo minha indignação ainda na escolha ao deixar de ser homenageado a pessoa do Sr. Zezito (Zitin do Bahia) ao estádio do nosso município, assim dando um nome a pessoas que nunca fizeram por merecer tanto, apenas por ser uma pessoas de poder aquisitivo. "

  • Quelle Brito

    "Parabéns pela matéria! Sr. Zito fez e ainda faz muito pelo futebol Brumadense. "

Deixe seu comentário