ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Secretaria de Educação divulga lista de alunos contemplados no sorteio eletrônico da rede municipal de ensino; Veja

Duplo homicídio é registrado na tarde desta terça-feira (21) em Aracatu

Saiu mais um ganhador do 'Show de Prêmios' da Locar Rápido!

SMTT realiza mudanças no sentido de via nas Travessas Moreira e Manoel Meira Clemente Sertão, centro de Brumado

Brumado: Secretaria de Educação realiza sorteio eletrônico de matrículas para rede municipal 2020

Brumado: Polícia Militar recupera mais uma motocicleta roubada

Crimes contra o patrimônio lideram ranking de registros em Brumado

Número de casos suspeitos de intoxicação por cerveja sobe para 21; 4 mortes já foram confirmadas

Endocrinologista Pediátrica da Clínica Mais Vida fala sobre os cuidados com as crianças diabéticas no retorno às aulas

Ônibus da empresa Novo Horizonte pega fogo e passageiros saem às pressas de veículo

Meteorologia prevê possibilidade chuva esta semana em Brumado e Região

Vitória da Conquista

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!

Rio de Pires: Polícia localiza explosivos e suspeito morre em confronto

Lagoa Real: Acidente na BA-940 deixa uma pessoa morta e três feridas

Conquista: Carga de gado avaliada em mais de R$ 60 mil é recuperada pela polícia

Brumado: Motorista foge de abordagem policial e é detido com drogas e veículo com restrição


Brumado: Mantendo tradição de mais de 30 anos, 'Dona Dete' entrega acarajés aos detentos da delegacia

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

"Não venho só trazer o acarajé, também trago amor e mensagem de esperança", diz Maria Odete, a "Dona Dete" do acarajé de 72 anos. Como já é tradição em Brumado, a baiana, junto com as filhas, fizeram a entrega da especialidade africana aos servidores e custodiados na delegacia da cidade, na tarde da última quarta-feira (25). A baiana fez questão de entregar na mão de cada um dos presos e levou mensagem de fé e esperança a cada um deles, com conselhos de que deixassem o mundo do crime. A tradição da baiana já dura mais de 30 anos e durante sua visita, foi aplaudida e abraçada pelos servidores que admiram essa atividade que desempenha há tantos anos. "Com quarenta anos de profissão, para mim é um prazer está aqui todos os anos fazendo esse gesto de amor. Muitos quando saem daqui, vão no meu tabuleiro e lembram do gesto", conta Dona Dete. Ela ainda disse que a tradição está sendo passada de mãe para filhas. "Todos sabem que sou infartada e, que agora eu venho acompanhar minhas filhas que vão continuar com essa tradição. Eu agora só fico nos bastidores", diz a baiana com um sorriso no rosto.



Comentários

  • Maxuel de Almeida Ramos

    "Uma bela atitude a ser seguida. São gestos como esse que demonstram que ainda há esperança para a humanidade, enfim : "Glória a Deus nas maiores alturas e paz na terra aos homens de boa vontade " D. Dete e família, que Deus as agraciem com vida, saúde e prosperidade, Feliz ano novo a todos !!!"

Deixe seu comentário