ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Morre aos 73 anos, uma das personalidades mais conhecidas de Brumado: 'Zé Borracheiro'

Quatro motoristas de aplicativos são torturados e assassinados na Bahia

Brumado: PETO apreende jovem com corrente de ouro roubada e drogas no bairro Baraúnas

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Contendas do Sincorá: Policiais civis da 20ª Coorpin prendem falsa médica que atuava de forma ilegal na Região Sudoeste

Brumado: Idoso morre ao ser atropelado por moto no bairro São Jorge

Brumado: Golpistas usam nome de mulher que teve casa incendiada no Brisa 1 para pedir no comércio

CICOM de Brumado auxilia no resgate com casal de turistas perdidos em trilha da Chapada Diamantina

Brumado: Em visita a comunidade de Campo Seco, Fabrício Abrantes diz que vai priorizar a zona rural

Brumado: 'Nem abaixo assinado resolveu', dizem moradores do Apertado do Morro cobrando melhorias para o bairro

Brumado: Prefeitura concede alvará para início das obras da faculdade de medicina

TSE aprova normas para Eleições Municipais em 2020

Brumado: Bandido se passa por paciente, fica em fila e tenta roubar idoso

Clínica Master realizou workshop: ‘Saúde Ocupacional e o Faturamento de Sua Empresa’

Brumado: Em busca do selo Unicef, audiência pública debate o papel de meninas e mulheres como líderes

Adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 7 anos em banheiro de escola em Vitória da Conquista


PF fez buscas em Minas após ameaça de atentado a Jair Bolsonaro

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Polícia Federal cumpriu no domingo (1º) dois mandados de busca e apreensão, nas cidades mineiras de Três Corações e Alfenas. As ordens foram expedidas pela Justiça Federal e apuram crime contra a segurança nacional a partir de ameaças, publicadas nas redes sociais, contra o presidente Jair Bolsonaro. A investigação teve início após um homem ser detido, na última sexta-feira (29), por ter postado, em rede social, fotos e vídeos de suposto plano de atentado contra o presidente. Bolsonaro estava em visita oficial à Escola de Sargentos das Armas de Três Corações. Ele participou da solenidade de formatura do curso de sargentos. O suspeito trabalhava como terceirizado na ESA e aparecia em vídeos postados em redes sociais. O crime investigado tem pena de 3 a 10 anos de reclusão. A investigação tramita em segredo de Justiça.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário