ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Eunápolis: Homem é preso suspeito de manter esposa de 18 anos em cárcere privado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

A4 Veículos recebe visita técnica de alunos do Curso de Administração Jovem Aprendiz do Senac

Atualmente morando em São Paulo, brumadense lança sua calorosa e frenética aposta para o verão, a divertida e agitada ‘Tá Calor’

Brumado: 'Nós somos gente, não somos bicho', diz moradora da Virgílio Ataíde que cobra da prefeitura manutenção de escadaria após acidente com caminhão em 2018

Brumado: Através do Conseg, 34ª CIPM receberá doação de um drone e novos equipamentos tecnológicos

Jequié: Governador Rui Costa passa mal durante visita à cidade

Brumado: Em janeiro, acontece a 4ª edição do Campeonato Sub-17 do bairro São Felix

Brumado: Radialistas são vítimas de golpe que clona WhatsApp; polícia investiga o caso

Brumado: Longe da mídia, Yasmin Guimarães a artista brumadense que você precisa conhecer

Brumado ficará sem reforço de verba federal após extinção do NASF

Brumado: Mais de 600 famílias deixa de receber o Garantia Safra por falta do NIS

Caixa libera saque do FGTS para 9,1 milhões nesta sexta


Endócrino pediatra retorna atendimento na Clínica Mais Vida após licença maternidade

Foto: Divulgação

A especialista em endocrinologia pediátrica, Dra. Aruze Tanajura, retorna ao atendimento na Clínica Mais Vida após período de licença maternidade. Uma criança ou adolescente deverá ser avaliada pelo Endócrino Pediatra nos casos de baixa estatura, quando apresentarem persistentemente abaixo do padrão de altura familiar ou da curva de crescimento ou apresentarem velocidade de crescimento baixa. Como também, aquelas crianças ou adolescentes que tiverem crescimento acelerado, ficando muito mais altos em relação aos seus colegas de escola. Quando encontrar-se acima do peso ou em risco para obesidade ou quando apresentarem complicações, como níveis de colesterol ou triglicérides aumentados, alterações da glicemia (açúcar alto no sangue). Ou tão logo tiverem o diagnóstico de Diabetes. As crianças que apresentarem sinais de desenvolvimento da puberdade, como o crescimento das mamas ou dos testículos e aparecimento de pelos pubianos ou pelos nas axilas, acne, odor axilar, antes dos 8 anos em meninas ou antes dos 9 anos em meninos precisam ser avaliadas. Como também, aqueles adolescentes que não apresentarem o surgimento desses sinais de puberdade até os 13 anos nas meninas ou 14 anos nos meninos. Já com relação a tireoide, que é uma glândula que temos no pescoço e também, é outra situação para avaliação e acompanhamento. Assim, crianças ou adolescentes que apresentem hipoatividade, que é cansaço fácil, dificuldade no desempenho escolar, hiperatividade ou aumento do volume do pescoço, principalmente se tiverem casos na família de problemas de tireoide, devem ser avaliadas. Assim como os bebês que apresentem alterações no Teste do Pezinho, sugestivos de hipotireoidismo congênito (alteração do TSH - hormônio folículo estimulante da tireoide). Sobre as alterações dos ossos as principais situações são aquelas crianças ou adolescentes que tiverem história de fraturas frequentes ou deformidades ósseas e aquelas que fizerem uso crônico, contínuo, de corticoide. Ao menor sinal de algum desses sintomas procure o especialista. Agende sua consulta. A prevenção é a melhor forma de cuidar da sua saúde! Para maiores informações, ligue: (77) 3441-4545 / (77) 99951-4755 / (77) 99180-9496 / (77) 3441-4500 / (77) 9.9989-6868.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário