ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Criança de 9 anos morre carbonizada em incêndio na zona rural

CNJ solicita informações sobre altos salários de servidores e magistrados ao TJ-BA

Ipiaú: Município registra mais 7 casos de coronavírus e o 6º óbito

Sortudo: Apostador fatura mais de R$ 10 milhões na Lotomania em Ipiaú

Brumado: Câmera de monitoramento flagra adolescente furtando estabelecimento no bairro Ginásio Industrial

Vitória da Conquista registra 3 mil casos suspeitos de dengue

Brumado: Secretaria de Saúde cria site para orientar população sobre o coronavírus

Bahia registra 14.566 casos confirmados de coronavírus

Brumado: Enfermeira aposentada acusa financeira de cobrar por dois empréstimos que não fez

Roberto Jefferson, Luciano Hang, deputado estadual de SP e blogueiro são alvos de operação

Urandi: Sobe para 65 o número de casos de Covid-19, o novo coronavírus

Brumado: Juiz determina afastamento de enfermeira do Hospital Municipal que está grávida e faz parte do grupo de risco

Endocrinologista da Clínica Mais Vida destaca cinco dúvidas frequentes de diabéticos sobre o COVID-19

Grávida entra em trabalho de parto e bebê nasce dentro de viatura da GCM

Pesquisadores criam curativo inteligente que inibe a propagação de bactérias

Bahia tem 305 novos casos de Covid-19 e total ultrapassa 14 mil; nº de mortes sobe para 477

Mutações registradas do coronavírus não são benéficas ao vírus, diz estudo

OMS prevê pandemia seguindo em 'ondas recorrentes'

Dono da Havan é condenado por divulgar fake news contra reitor da Unicamp

Sesab identifica crescimento de 815% nos casos de chikungunya na Bahia


Nova greve dos professores municipais de Rio do Antônio deixa pais e alunos indignados

Foto: 97NEWS

Atrasos nos pagamentos e caos no financeiro do município de Rio do Antônio, provocou mais uma paralisação dos professores municipais. Na terça-feira (8), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais declarou em nota que, “as aulas estão suspensas devido aos constantes atrasos do pagamento salarial dos profissionais de educação” e pontuou que “assim que for pago o salário referente ao mês de setembro, os profissionais retornarão às suas atividades normais”. O movimento parece que não agradou muito os pais e alunos da cidade. Segundo informações apuradas pelo 97NEWS, já são cerca de 15 dias sem aula nas escolas. “É repugnante a situação em que se encontra o nosso município em pleno século XXI, onde todos sabem que a Educação é a única forma de construir um futuro melhor, só que aqui em Rio do Antônio a gestão tem ignorado isso”, escreveu Clarice Brito mãe de um aluno. Outro fator que agravou a crise, foi a paralisação dos motoristas que fazem o transporte escolar da cidade, que também estão sem receber há vários dias. Com cerca de 200 professores lecionando no município e nos distritos, a categoria aguarda o pagamento até o dia 10 deste mês, como foi anunciado pelo prefeito. "Assim que o pagamento for feito, retornaremos à sala de aula”, garantiu Carlos Tadeu, presidente do Sindicato.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário