ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Segunda tentativa de homicídio é registrada em menos de 8 horas em Brumado

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Brasil registra mais de 35 mil mortes por covid-19 e ultrapassa mil óbitos nas últimas 24 horas

Homem de 40 anos é encontrado morto na zona rural de Guanambi

Covid-19: Brumado registra 47 casos confirmados, 28 em tratamento, um óbito e quatro pacientes internados

Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial

Brumado: Homem é alvejado com vários disparos de arma de fogo no bairro Santa Tereza

2ª parcela do vale-alimentação estudantil começa na segunda-feira (8)

Eclipse lunar acontece nesta sexta-feira (5) e pode ser acompanhado no Brasil

Brumado: MP abre inquérito para pacientes com Covid-19 que não estão cumprindo medidas de isolamento

Brumado: Confirmada primeira morte por coronavírus no munícipio

Brumado: Servidor público tem CPF cadastrado ilegalmente no auxilio emergencial do Governo Federal

Vacina brasileira contra a Covid-19 começa a ser testada em animais

Prints e conversas do whatswpp sem autorização judicial é ilegal

Sesab confirma 14.243 casos ativos da Covid-19 na Bahia; número de óbitos se aproximam de 800

Municípios baianos têm até dia 8 deste mês para informar gastos com pandemia

Prefeitura de Caetité lança programa de ajuda emergencial a artistas

RHI Magnesita mantém ciclo sustentável de alto impacto em Brumado

Bolsonaro publica MP que permite repasse de R$ 60 bilhões em ajuda a estados e municípios

Covid-19: Brumado passa a ter 28 casos ativos da doença e 1.335 notificações


Brumado: Para driblar a crise, brumadense se veste de 'homem aranha' e vende trufas nas ruas da cidade

Foto: Luciano Santos l 97News

Oportunidade! Esse foi o motivo que fez um jovem brumadense que mantem a identidade no sigilo, por conta do personagem: O "homem aranha", de quem ele é fã desde criança. Cursar engenharia elétrica é o desejo dele, e para isso, ele tem que conseguir arrecadar recursos para pagar a faculdade. De segunda a sexta, o jovem sai de sua casa, e segue para o Centro de Brumado. Vestido o personagem, leva sua caixa cheia de trufas para vender. "Peço um minuto da atenção. Se a pessoa não der, conto minha história", explica o estudante, que decidiu improvisar, já que não conseguiu um emprego. O jovem vende cerca de 250 doces por semana, e segundo ele, a ideia tem dado certo. "No início eu e minha namorada tivemos a ideia de comprar a fantasia para tirar fotos pela cidade, uma forma de brincar com as crianças, mas decidi que poderia fazer algo mais, foi ai então que tivemos a ideia de vender os doces vestido de Homem Aranha, deixando de lado a vergonha", relata o brumadense que só ficava em casa sem fazer nada. Ele ainda diz que aprendeu fazer os brigadeiros pela internet. "Aprendi fazer os doces vendo vídeos. E ai, fui pra avenida vender. O traje serve pra chamar a atenção das pessoas”, conta. No primeiro dia, levou horas para vender a primeira trufa. Mas não desistiu, hoje, é elogiado pelas ruas e tem inspirado outros estudantes. “As pessoas são tocadas pelo meu sonho e acabam comprando para me ajudar”, relatou. O homem aranha de Brumado ainda manda um recado aos jovens. "Se você tem um sonho não desista dele, mesmo diante das dificuldades, mostre seu lado criativo, deixe a vergonha de lado e conquiste o seu espaço. Saia do comodismo", desperta o jovem.



Comentários

  • ISAQUE RIBAS PIRES

    "Muito bom, mas deveria se identificar porque tá vendendo um alimento, não gosto do termo "comprar para ajudar", as pessoas compram porque o produto é bom, porque a forma como é vendida diverte, enfim as pessoas não precisam de ajuda precisam oferecer bom custo benefício."

  • Jose Marcos

    "Homem Aranha dos doces para arecadar dinheiro para o estudos sua ideia e boa mas vc tem que ter muito cuidado a outro CLONE IMITACAO DO MESMO principalmente aqui em brumado a vender outros itens aonde tudo aparece em beiradas de politicas LOCAL no linguajar direto FOI ESTE H,A, TEM OUTRO nao vi voz nao vi FACE e ai. "

  • Teixeira

    "Meu Deus, qual o problema do cara vender suas trufas fantasiado? Essa foi uma forma digna que ele encontrou para trabalhar, como ele gosta. As pessoas hoje em dia não aguenta ver ninguém feliz mais. Deus me livre. Ao invés de vocês dois ai em cima estarem criticando, vá fazer algo melhor então, seus bonzão."

Deixe seu comentário