ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Gabriel Jesus erra pênalti, e Brasil perde para Argentina com gol de Messi

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

PM apreende munições e pólvora para arma de fogo em Tanhaçu

Fabrício Abrantes é o novo presidente do Democratas em Brumado

Previsão do tempo para feriadão é de céu claro com possibilidades de chuvas isoladas em Brumado

Policiais baianos recebem R$ 40 milhões em prêmio nesta quinta (14)

Conquista: Policia Civil diz que motorista de aplicativo e estudante foi morto a mando de traficante preso

Brumado: Com estimativa de renegociar dívidas, Prefeitura espera receber R$ 20 milhões

Conseg de Brumado visita instalações do Centro de Operações e Inteligência em Salvador

Pretos e pardos são maioria nas universidades públicas no Brasil, diz IBGE

Operação Proclamação da República reforça fiscalização nas rodovias federais da Bahia

Clínica Mais Vida-Endocrinologista destaca a importância de ampliação da atenção e conscientização sobre o Diabetes

Brumado: Cabeleireiro tem casa pichada no bairro do Hospital e teme ser possíveis ameaças

Brumado: Receita Federal e Ministério do Trabalho serão realocados para espaço da antiga Policlínica

Brumado: Após ter casa interditada, músico denuncia péssimas condições de casa alugada pela Prefeitura

Caetité: Operador morre após cair de pá carregadeira e ser atropelado pelo veículo

Celulares pré-pagos com cadastros desatualizados serão bloqueados

Homem é preso suspeito de comercializar anabolizantes e drogas sintéticas em Conquista

Fã que planejava 'se vingar' da cantora Simaria é preso


Brumado: Veterinária chama a atenção para sintomas de envenenamentos de animais

Foto: Leitor l 97NEWS

Cães e gatos são animais curiosos, que gostam de explorar lugares e descobrir odores e sabores. Os donos gostam de acompanhar suas travessuras, mas, às vezes eles se metem em cada encrenca. O envenenamento é uma delas -- e das mais graves. Geralmente acontece quando o animal come, bebe ou lambe uma substância não indicada. Nos últimos dias, casos de envenenamentos vem acontecendo com frequência em Brumado. A reportagem do 97NEWS já registrou dois casos semelhantes na cidade, um no bairro Baraúnas e outro no bairro Olhos D'água -- todos envolvendo felinos. Buscando mais esclarecimentos sobre o assunto e como proceder em momentos como este, a reportagem conversou com a veterinária Thais Maria, no qual ela chama a atenção para alguns sintomas. Segundo a veterinária, o animal quando esta com sintomas de envenenamento ele vocaliza muito. "O animal seja ele gato ou cachorro emite sons que não são comuns no dia a dia. Saliva muito, começa a babar bastante, alguns tem vômitos, diarreia, a pupila dilata, esse são os principais sintomas”, afirma a médica Thais. Acidentes e descuidos acontecem, então fique atento também aos primeiros socorros. A rapidez é essencial para a recuperação do animal. "Após a ingestão desse veneno ou, a quantidade, em questão de segundos começa os sintomas, então o quanto antes a pessoa poder levar ao veterinário é melhor”, diz Maria. “Vale lembrar também que a intoxicação pode ser aguda ou crônica. Ou seja, há casos em que o animal exibe efeitos apenas momentâneos. No entanto, a longo prazo, pode apresentar sérios problemas de saúde”. A médica também esclarece que com os cuidados necessários, o animal pode sobreviver. "O tratamento sendo feito de maneira rápida, efetiva o animal tem sim chance de sobreviver", conta. Ela faz um alerta para a medicação feita em casa pelo tutores dos animais. "A medicação feita em casa pelo dono do animal não é recomendada, porque em muitos casos eles usam medicamentos caseiros ou até mesmo, medicamentos de humanos, mas isso não funciona. Essa mania de usar leite ou azeite para salvar o animal em casos de envenenamentos é mito, são produtos gordurosos que vão dissolver ainda mais o veneno. Então não é indicado fazer o uso", afirmou. Thais disse ainda que lamenta esse tipo de maus-tratos que vem acontecendo na cidade. "Isso é uma maldade muito grande, fazer um animal sofrer. Essas pessoas deveriam colocar a mão na consciência e perceber o sofrimento que esses animas passam agonizando até a morte. A gente não pode julgar o amor das pessoas pelos animais", lamentou a veterinária.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário