ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Contendas do Sincorá: Policiais civis da 20ª Coorpin prendem falsa médica que atuava de forma ilegal na Região Sudoeste

Brumado: Idoso morre ao ser atropelado por moto no bairro São Jorge

Brumado: Golpistas usam nome de mulher que teve casa incendiada no Brisa 1 para pedir no comércio

CICOM de Brumado auxilia no resgate com casal de turistas perdidos em trilha da Chapada Diamantina

Brumado: 'Nem abaixo assinado resolveu', dizem moradores do Apertado do Morro cobrando melhorias para o bairro

Brumado: Prefeitura concede alvará para início das obras da faculdade de medicina

TSE aprova normas para Eleições Municipais em 2020

Brumado: Bandido se passa por paciente, fica em fila e tenta roubar idoso

Clínica Master realizou workshop: ‘Saúde Ocupacional e o Faturamento de Sua Empresa’

Brumado: Em busca do selo Unicef, audiência pública debate o papel de meninas e mulheres como líderes

Adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 7 anos em banheiro de escola em Vitória da Conquista

Grupo discutirá extinção do Nasf na Câmara de Vereadores

Barragens de Rio de Contas e Paramirim estão com estruturas comprometidas, aponta ANA

Brumado: Moradores da comunidade do Jatobá apontam abate clandestino de suínos e caprinos

Caminhão desgovernado atinge lava jato e residência no município de Ituaçu; Veja o vídeo

Brumado: Casa pega fogo no residencial Brisa 1, moradores ajudaram controlar incêndio

Eleições 2020: Pré-candidato 'Manelão' comenta consulta pública realizada pela Séculus

Em passagem por Brumado, ciclista gaúcho pedala em gratidão a Deus após obter cura

Gestão por blocos de municípios é solução para universalizar saneamento básico na Bahia

Brumado: Polícia Militar apreende motocicletas com placas falsa e chassi suprimido


Brumado: Operação da Seinfra com apoio da SMTT notificam estabelecimentos comerciais por obstrução de vias e solo

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Na tarde da última quarta-feira (10, uma operação conjunta entre a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) e apoio da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), notificaram vários estabelecimentos comerciais de Brumado pelo uso indevido do solo e obstrução de vias. Na ação de quarta-feira, proprietários de duas lanchonetes localizadas na Praça Coronel Zeca Leite (Praça da Prefeitura) chegaram a pavimentar o solo para colocar mesas e cadeiras a fim de servir a clientela. Em entrevista ao 97NEWS, o coordenador da SMTT, Jansen Ricardo, relatou que a ação foi desencadeada a partir de denúncias com relação à referida pavimentação da manta asfáltica. “Essa é uma conversão muito perigosa que existe aqui na Praça Coronel Zeca Leite e a SMTT tem cobrado da Procuradoria Municipal uma solução para mesas e cadeiras, tanto no passeio quanto na via. É uma condição de risco”, salientou. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Segundo o coordenador, a ocupação do pavimento público municipal necessita de autorização da entidade com jurisdição sobre a via. “Estamos esperando que os proprietários removam o que foi colocado sobre a via ou então a SMTT vai providenciar a remoção e demolição dessa concretagem sobre o pavimento asfáltico. E os custos vai ficar para o empreendedor”, disse. Ainda na tarde de quarta, a operação seguiu para a Avenida Centenário, onde um vendedor utilizava o canteiro central da via para expor cadeiras de escritórios, obstruindo parcialmente a passagem de pedestres. "Isso é muito comum na cidade, mas esta operação visa acabar com este tipo de ação que impede a livre passagem do pedestre ou até mesmo de veículos nas vias públicas", afirmou o coordenador.



Comentários

  • Luis

    "Um absurdo o amadorismo da seinfra e SMTT, chega a ser vergonhoso. Caso o motivo seja realmente o informado optaram pela pior maneira de se resolver, e cá entre nós, baixa o ego prefeitura porque é vergonhosa a situação das ruas da cidade e vocês destroem as vias que restam? Parabéns pelo lixo de trabalho realizado. "

  • José do carmo

    "Não acho correto a ocupação de calçadas para fins comercial assim como os quiosques existentes nas praças que estão sem ocupados para fins comercial isso é disrespeito por parte do gestor que aceita esse tipos de comercios nos quiosques que seria para um lazer da população."

Deixe seu comentário