ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Caculé: Homem que estava desaparecido à três dias é encontrado morto; choque elétrico pode ter provocado o óbito

BR-030: Caminhão carregado com maracujina tomba próximo ao distrito de Ibitira

Brumado: Homem é baleado em tentativa de assalto na BA-148, próximo à entrada de Pedra Preta

Homem se afoga após pedido de casamento debaixo d'água

Homem é detido transportando mais de cem celulares sem nota fiscal em Jacobina

Moradora de Guajeru relata susto com roda de ônibus escolar que se soltou enquanto transportava alunos da zona rural

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Livramento de Nossa Senhora: Polícia investiga casos de clonagem de números de telefone na cidade

Brumado: Despesas com saúde pública chega aos 34% com vítimas do trânsito

Vitória da Conquista receberá o maior evento Fitness da Bahia, o 'Confit Evolution'

Bahia: Queimadas aumentam 58% em comparação ao ano passado

Brumado: Nesse final de semana tem mais uma rodada do Campeonato de Futebol de Veteranos no 'Gilbertão'

Guanambi: Ajudante de pedreiro acerta na Lotofácil e ganha prêmio de R$ 309 mil

Brumado: Um jovem de 19 anos e três adolescentes são conduzidos à Delegacia por tráfico de drogas

Brumado: OAB, MP, CDL, Legislativo e sociedade civil organizada definem mudanças na Zona Azul

Brumado: Moradores do bairro São Jorge denunciam vazamento de esgoto em 'estação de tratamento'

Vereador diz que parlamentares que não votam em projetos do prefeito, ficam marcados em Brumado

Bahia: Cerca de mil latas de tinta falsificada são apreendidas; carga seria vendida no interior

Nutricionista da Clínica Mais Vida esclarece sobre tipos de leite e suas diferenças

Drogas e dinheiro são encontrados com traficante na cidade de Macaúbas


Brumado: Comerciantes da Praça da Prefeitura relatam que estão perdendo clientes devido ao abuso de 'pedintes'

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Frequentemente, clientes de restaurantes e lanchonetes da Praça Coronel Zeca Leite (Praça da Prefeitura) são abordados por moradores de rua ou até mesmo pedintes dentro dos estabelecimentos comerciais. Muitas vezes, essa situação acaba constrangendo as pessoas e os proprietários ficam sem saber como agir. “Isso é muito frequente. Chega 12 horas e tenho fila de pessoas pedindo marmita aqui no restaurante. Eles chegam e vão sempre na direção do cliente, que ficam sem reação, constrangidos e não sabemos como agir. Muitas vezes eu até chamo a atenção, mas eles não respeitam”, diz uma proprietária de restaurante da praça. Em um açaí da praça, a abordagem aos clientes também é frequente. “Acontece muito e é bem complicada essa situação. Nós temos que ficar pedindo para eles se retirarem, alguns nos enfrentam, aumentam o tom de voz. E tem muitos clientes que reclamam porque eles vão direto nas pessoas, pedem dinheiro, pedem cigarro”, relata a funcionária do estabelecimento. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Recentemente a Secretaria Municipal de Assistência Social de Brumado, realizou um trabalho com moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade que viviam no estacionamento da antiga Cesta do Povo, mas de acordo com a Prefeitura, os moradores sempre voltam às ruas de Brumado. “Realizamos o serviço de abordagem social e fazemos a identificação dessas pessoas”, diz uma assistente social que não quis se identificar. Ele destaca que os moradores de rua também têm direito de entrar em estabelecimentos comerciais e fazer uso deles, no entanto, eles precisam observar algumas regras. “Não podemos impedir que eles fiquem na praça, por exemplo, e eles têm acesso a qualquer tipo de estabelecimento, podem entrar, mas não podem criar situações que constranjam os outros cidadãos que estão no local”. Nesses casos, ele recomenda que o proprietário do estabelecimento utilize o diálogo para intervir na situação. “O diálogo sempre é o melhor caminho, sem ultrapassar os direitos daquele morador ou moradora de rua”, afirma a assistente.



Comentários

  • Amaury

    "Acho que esta justificativa não é a causa do problema, os comerciantes da localidade precisam atrair consumidores para o local promovendo eventos e praticar preço justo, atualmente todos os bairros da cidade possuem opções para consumo e também os deliver´s estão aí batendo de frente com os comércios que possuem atendimento fixo."

Deixe seu comentário