ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Preso é encontrado morto no Conjunto Penal de Vitória da Conquista

Novo RG deve ser implementado até março de 2020 e terá dados de outros 12 documentos

PM realiza fiscalização de trânsito em Brumado e seis veículos são recolhidos

Conquista: Rui realiza visita técnica ao novo Aeroporto Glauber Rocha

Brumado: Vende-se casa com piscina e área de lazer

Dono de um dos bares mais conhecidos em Brumado, 'Xanna Bar' morre na madrugada desta quinta-feira (18)

Quem é o pai da criança? Próximo da inauguração, aeroporto Glauber Rocha tem disputa de paternidade

Adolescente de 15 anos é morto a tiros em Conquista; mulher fica ferida

Flamengo vive nova frustração no Maracanã ao som de vaias após ser eliminado nos pênaltis

Brumado: Medicina alternativa é aplicada em Unidades de Saúde da Família do município

Equipes de saúde passam por treinamento para campanha de vacinação contra raiva em Brumado

Bahia é batido pelo Grêmio e dá adeus à Copa do Brasil

Aeroporto de Conquista: Vídeo institucional do Governo alfineta; 'Qualquer pai quer assumir'

Maracás: Colisão entre ambulância de Brumado e carreta deixa uma pessoa morta e três feridas na BA-026

Rui Costa fará visita técnica ao Aeroporto de Vitória da Conquista nesta quinta-feira (18)

Criança é hospitalizada após ingerir entorpecentes enquanto brincava na varanda do apartamento

Cipe Nordeste erradica cerca de 10 toneladas de maconha em Euclides da Cunha

Brumado: Mãe de paciente faz elogios a médico de hospital mas critica atuação de outros profissionais

Internauta filma ninho de cobras de perto e as imagens chamam a atenção

TCE desaprova contas da EBDA e ex-gestores irão pagar R$ 39,3 mil em multas


Ministério Público divulga nota técnica e aponta que monitoramento de agrotóxicos é insuficiente em pelo menos 60 cidades da Bahia

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) divulgou nesta quinta-feira (4) uma nota técnica, no Fórum Baiano de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FBCA), em que aponta que o monitoramento de defensivos agrícolas na água é insuficiente em pelo menos 60 cidades - ou seja, em 15% da Bahia. Realizado a partir das ações do Programa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) de 2017 a 2019, coordenado pelo MP-BA em conjunto com órgãos federais e estaduais, além do Comitê de Bacia do São Francisco, Segundo o site Correio, o estudo analisou tecnicamente a contaminação da água potável por pesticidas em cidades abastecidas pelas bacias hidrográficas do São Francisco e do Rio Paraguaçu. Os agrotóxicos utilizados nas duas bacias foram mapeados pelo MP-BA, através dos núcleos de Defesa da Bacia do São Francisco e da Bacia do Paraguaçu, e comparados com as substâncias que são analisadas obrigatoriamente pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), ligada ao governo do estado, e pelos Serviços Autônomos de Água e Esgoto, que seguem determinação do governo federal. Ainda segundo o site Correio, o estudo, somente 20% dos agrotóxicos usados na região estão sendo analisados pelos órgãos competentes. Os 80% restantes são pesticidas que não têm monitoramento obrigatório pela regra do Ministério da Saúde (MS). A pesquisa ainda identificou que dois princípios ativos cujo monitoramento obrigatório é pelo MS não são verificados pela Embasa: o Mancozebe e a Permetrina. A Portaria de Consolidação nº 5/2017 do MS determina o monitoramento obrigatório de 27 princípios ativos de agrotóxicos para determinar se a água é segura para o consumo humano. Após a nota técnica, o MP-BA concluiu que as empresas deveriam incluir novos princípios ativos na lista de substâncias a serem analisadas. Só este ano, o Ministério da Agricultura autorizou o uso de 239 novos agrotóxicos para “aumentar a concorrência” do agronegócio.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário